PUBLICIDADE

sa√ļde

Por que os pacientes com apneia s√£o propensos a sofrer de glaucoma?

Cientistas da Universidade de Hokkaido mediram com sucesso a pressão intraocular de pacientes dormentes com síndrome de apneia obstrutiva do sono, (SAOS), pela primeira vez, encontrando uma correlação inesperada com o glaucoma.

‚ÄúO glaucoma √© uma doen√ßa em que o nervo √≥tico sofre danos devido ao aumento da press√£o intraocular, resultando em um campo visual restrito‚ÄĚ, afirma o oftalmologista Virg√≠lio Centurion (CRM-SP 13.454), diretor do IMO, Instituto de Mol√©stias Oculares. Al√©m de acidentes vasculares cerebrais e de doen√ßas cardiovasculares, como ataques card√≠acos, as pessoas com s√≠ndrome de apneia obstrutiva do sono s√£o propensas a sofrer de glaucoma a uma taxa 10 vezes maior do que as que n√£o sofrem de SAOS.

No entanto, tem sido tecnicamente difícil medir continuamente a pressão intraocular em indivíduos dormindo. Para resolver o problema, a equipe de pesquisadores empregou um sensor especial semelhante a uma lente de contato para monitorar as mudanças de pressão quando a respiração dos pacientes com SAOS repetidamente paravam durante o sono.

‚ÄúNormalmente, a press√£o intrator√°cica √© conhecida por subir se as pessoas pararem de respirar (exalando), resultando em maior press√£o intraocular. O estudo encontrou inesperadamente que a press√£o intraocular caiu quando os indiv√≠duos pararam de respirar. Os sujeitos tenderam a parar de inalar, n√£o exalando, devido ao fechamento das vias a√©reas, o que deveria levar a uma menor press√£o intrator√°cica. Os sujeitos tamb√©m experimentaram efeitos hip√≥xicos, com cessa√ß√Ķes na respira√ß√£o causadas pela satura√ß√£o de oxig√™nio no sangue, possivelmente desencadeando danos ao nervo √≥tico que podem levar ao glaucoma‚ÄĚ, explica a especialista em glaucoma do IMO, a oftalmologista M√°rcia Lucia Marques (CRM-SP 110.583).

O estudo mostra que o nervo ótico pode ser danificado devido à hipoxia sem um pico na pressão intraocular, um achado que pode ajudar a desvendar os quadros de pacientes com glaucoma com níveis normais de pressão intraocular.

Foto: Reprodução

PUBLICIDADE