PUBLICIDADE

sa√ļde

Infarto em homens: gordura visceral pode ser o grande vil√£o

Atualmente, mais de 70% dos brasileiros adultos possuem gordura visceral acima do limite estabelecido pelos m√©dicos ‚Äď 88cm para as mulheres e 102cm para os homens, sendo que a maior parcela √© representada pelo sexo masculino. Segundo uma pesquisa realizada pelo do Minist√©rio da Sa√ļde, os homens correspondem a mais de 50% desse total, o que tem preocupado cada vez mais as entidades de sa√ļde.

A obesidade masculina pode estar ligada a v√°rias raz√Ķes, entre sociais e comportamentais, at√© metab√≥licas e gen√©ticas. Por√©m, as principais causas que levam a esta condi√ß√£o s√£o o sedentarismo e dietas ricas em a√ß√ļcar e gorduras. E √© exatamente esse estilo de vida que favorece o ac√ļmulo de gordura visceral. Pesadelo de muitas pessoas,¬†a gordura visceral, ou intra-abdominal,¬†¬†√© um tipo de gordura que est√° localizada na regi√£o interna do abd√īmen, entre as al√ßas intestinais, pr√≥ximo aos √≥rg√£os vitais, como: f√≠gado, intestino, p√Ęncreas, rim, cora√ß√£o e vasos.

Existem dois tipos de gordura abdominal: a visceral e a subcut√Ęnea, situada em frente dos m√ļsculos abdominais. Ambas s√£o consideradas perigosas pelos m√©dicos, por√©m, a visceral apresenta mais riscos, pois contribui com o aumento dos n√≠veis de colesterol ruim (LDL) e de triglicer√≠deos, reduzindo assim o bom colesterol (HDL), al√©m de elevar a resist√™ncia √† insulina. Por essa raz√£o, pessoas que apresentam essa gordura est√£o mais propensas a desenvolver a diabetes, por exemplo.No entanto, estudos apontam que o acumulo de gordura visceral, mais do que a diabetes, pode acarretar outras patologias s√©rias como:¬†hipertens√£o, doen√ßas cardiovasculares e metab√≥licas, alguns especialistas inclusive a associam com dem√™ncia e algumas doen√ßas √≥sseas.¬†Sem contar que prejudica a forma√ß√£o de horm√īnios, vitaminas e subst√Ęncias que atuam no metabolismo das gorduras.

Para saber se a gordura abdominal pode comprometer a sua sa√ļde, os m√©dicos indicam utilizar uma fita m√©trica para medir circunfer√™ncia da cintura. Para as mulheres, o aconselhado √© que n√£o exceda 88 cm, e para os homens o ideal √© 102 cm. Caso a medida ultrapasse as citadas √† cima, existe o risco de desenvolver os efeitos prejudiciais que a gordura visceral oferece. Para uma an√°lise mais completa, a pessoa deve consultar um m√©dico para realizar alguns exames que medem o tecido adiposo visceral. Geralmente, os exames s√£o realizados atrav√©s de m√©todos de imagem, como tomografia computadorizada e resson√Ęncia magn√©tica.

Al√©m dos males mencionados, como o risco de doen√ßas card√≠acas e a diabetes, a gordura visceral apresenta outros malef√≠cios √† sa√ļde de quem n√£o pratica exerc√≠cios f√≠sicos ou busca uma redu√ß√£o por meio da alimenta√ß√£o.

 

Veja abaixo os riscos mais comuns que a Gordura Intra-abdominal oferece:1 ‚Äď Por estar dentro do abd√īmen e envolver as v√≠sceras do aparelho digestivo, a gordura visceral n√£o pode ser retirada por meio de lipoaspira√ß√£o;

2 ‚Äď O aumento do n√≠vel dos √°cidos graxos provoca uma disfun√ß√£o do endot√©lio (um tipo de capa de revestimento das art√©rias), produzindo subst√Ęncias associadas √† dilata√ß√£o e √† constru√ß√£o dos vasos;

3 ‚Äď Com a disfun√ß√£o, a press√£o arterial aumenta e os vasos sofrem altera√ß√Ķes que favorecem sua obstru√ß√£o;

4 ‚Äď A soma dessas rea√ß√Ķes do organismo causa a s√≠ndrome metab√≥lica, um conjunto de altera√ß√Ķes que traz riscos ao cora√ß√£o.

Principais consequ√™ncias: Press√£o alta; C√Ęncer nos √≥rg√£os afetados pelo excesso de gordura; Acidente vascular cerebral (derrame); Infarto e outros problemas card√≠acos; Colesterol alto; Diabetes; Problemas respirat√≥rios; Artrite; Ronco; Riscos com anest√©sicos em opera√ß√Ķes.

 

Cora√ß√£o em Perigo!¬†Conforme estudos realizados por diversos especialistas, entre endocrinologistas, cardiologistas e tamb√©m nutricionistas, o ac√ļmulo de gordura visceral colabora com o surgimento de doen√ßas cardiovasculares, isso porque quanto maior o peso, maior √© o esfor√ßo que o cora√ß√£o precisa fazer para bombear sangue e deixar tudo funcionando perfeitamente. O que sobrecarrega o √≥rg√£o, j√° que o esfor√ßo ‚Äúextra‚ÄĚ far√° com que bata mais r√°pido do que o normal.

O problema começa quando o organismo se cansa de corrigir o sedentarismo e o erro alimentar, e vai gradativamente devolvendo o colesterol e os triglicerídeos para a circulação, por não conseguir mais armazenar no fígado e tecido adiposo.

Toda essa gordura em excesso no sangue pode criar placas e entupir as artérias, provocando assim um infarto ou AVC. Esse estado inflamatório também pode facilitar a oxidação do colesterol bom (HDL) e transformá-lo em colesterol ruim (LDL), favorecendo doenças como hipertensão, insuficiência cardíaca, etc.

 

Os principais sintomasO infarto é uma disfunção que pode surgir em qualquer idade, mas acontece com mais frequência em pessoas que apresentam excesso de peso (gordura visceral), pressão alta, diabetes ou colesterol alto, e os sintomas que apontam esse problema incluem:

  • Dor no lado esquerdo do peito, em forma de aperto, pontada ou peso, que pode irradiar para o pesco√ßo, axila, costas, bra√ßo esquerdo ou at√© mesmo, bra√ßo direito;
  • Dor de est√īmago, sem rela√ß√£o com alimentos;
  • Dorm√™ncia ou formigamento no bra√ßo esquerdo;
  • Mal estar; Dor nas costas; Palidez e suor frio;
  • Enjoos e tonturas; Dificuldade para respirar ou respira√ß√£o r√°pida;
  • Tosse seca; Dificuldade para dormir.

¬†A import√Ęncia da retirada da gordura visceralEliminar a gordura visceral n√£o √© apenas uma quest√£o de est√©tica, mas tamb√©m ‚Äď e principalmente ‚Äď de sa√ļde, pois j√° foi comprovado que esse tipo de gordura afeta v√°rios √≥rg√£os e favorece in√ļmeras doen√ßas. Por essa raz√£o, retir√°-la √© de extrema import√Ęncia para que n√£o haja complica√ß√Ķes no futuro.

Uma forma de acabar com a gordura visceral √© fazer uma dieta hipocal√≥rica, sem a√ß√ļcares, e praticar uma atividade f√≠sica, como uma caminhada de 30 minutos, por exemplo. O indicado √© seguir essa linha durante 3 meses, para come√ßar a perceber a redu√ß√£o da barriga. Adicionar a alimentos termog√™nicos a dieta, como¬†canela, caf√©, gengibre ou ch√° verde. Eles aceleram o metabolismo e facilitam a queima de gordura.

Al√©m da dieta, h√° outro m√©todo que pode ajudar na perda desse tipo de gordura: o procedimento de emagrecimento org√Ęnico. Oferecido pela cl√≠nica Evolution Health, especialista em elimina√ß√£o de gordura visceral, essa t√©cnica inovadora √© associada ao equipamento de ultracavita√ß√£o e o equipamento compex de eletroestimula√ß√£o, exclusivos da clinica.

Esse procedimento consiste, primeiramente, em uma terapia de ultracavita√ß√£o na regi√£o frontal do abd√īmen. Com dura√ß√£o de 15 minutos, a aplica√ß√£o do equipamento rompe c√©lulas de gordura sem causar danos aos √≥rg√£os internos ou a parede abdominal, o que a torna muito segura. ¬†A segunda parte √© a eletroestimula√ß√£o feita com o equipamento compex.

Totalmente indolor e invasiva, a terapia √© feita atrav√©s de impulsos eletromagn√©ticos que quebram a unidade de gordura na regi√£o e a conduzem para as vias de elimina√ß√£o, por meio do metabolismo muscular. A eletroestimula√ß√£o simula 10.000 abdominais e fortalece a musculatura em pontos espec√≠ficos, resultando num abd√īmen fortalecido e desenhado.

 

Fotos: Reprodução

PUBLICIDADE