PUBLICIDADE

saúde

Remédios ficam quase 5% mais caros a partir desta sexta-feira (31)

A partir desta sexta-feira (31), em todo Brasil, a conta da farmácia vai ficar mais alta devido a um reajuste no valor dos remédios, que foi autorizado pelo governo anualmente para acompanhar o índice da inflação. O aumento publicado no Diário Oficial é de até 4,76%.

Os medicamentos mais comuns são os que podem ter o maior aumento, isso porque os produtos que têm mais concorrência são autorizados a aumentar mais, pois, muitas indústrias e farmácias, dão descontos para atrair os clientes. Sendo assim, será a concorrência do mercado que vai determinar o preço. Mais uma vez, o consumidor vai ter que pesquisar.

Já que o consumidor terá que pesquisar, o educador financeiro Reinaldo Domingos mostra algumas dicas para economizar nos medicamentos:

  • Peça ao médico, pelo menos, três opções de laboratórios diferentes para o remédio que ele indicar.
  • Pesquise preços na internet e nas farmácias de rua.
  • Separe um tempo para fazer esta pesquisa, não comprando o que precisa na primeira farmácia pela qual passar.
  • Informe-se com os laboratórios que fabricam os remédios que você usa sobre programas de fidelidade.
  • Busque medicamentos em farmácias populares.
  • Prefira medicamentos genéricos.

 

Foto: Reprodução

PUBLICIDADE