PUBLICIDADE

7.0 - MANUALbebidasesportegastronomiaviagem

Casal abre bar em homenagem à Chapecoense na cidade de Medellín

H√° dez dias, a cidade de Medell√≠n, na Col√īmbia, ganhou mais um motivo para n√£o esquecer nunca da Chapecoense. Um casal de empres√°rios da cidade abriu um bar tem√°tico em homenagem ao clube catarinense, com escudo do time, fotos e imagens em 3D das v√≠timas do acidente a√©reo e com a decora√ß√£o toda em verde.

O Caf√© Bar Chapecoense fica localizado nos arredores do est√°dio Atan√°sio Girardot, onde a prefeitura e o Atl√©tico Nacional reuniram no ano passado, noite seguinte √† queda do avi√£o, cerca de 40 mil pessoas em uma homenagem aos mortos na trag√©dia. Os donos do bar s√£o torcedores do time colombiano e participaram da cerim√īnia.

“Ficamos muito comovidos com a trag√©dia. Em dezembro tivemos a ideia de fazer a homenagem e passamos dois meses em prepara√ß√£o para inaugurar. Deu trabalho organizar a decora√ß√£o”, contou o empres√°rio Juan David Pemberty.

Com ajuda de sua esposa, Ver√īnica, ele pensou em como poderia decorar o local para homenagear o clube brasileiro. O aspecto mais f√°cil de decidir foi a cor, j√° que o verde √© comum ao clube catarinense e tamb√©m ao Atl√©tico Nacional. O mais dif√≠cil para o casal foi concretizar o painel com fotos em 3D e em acr√≠lico dos jogadores a bordo do avi√£o LaMia.

“Como n√£o era um time t√£o conhecido na Col√īmbia, deu trabalho para buscar cada uma das imagens e identificar os nomes”, contou o dono.

Al√©m do t√©cnico Caio Junior, todos os 23 jogadores do elenco foram lembrados. Os tr√™s sobreviventes (Alan Ruschel, Follmann e Neto) t√™m as imagens coloridas. Os demais, v√≠timas fatais, est√£o em preto e branco. O painel especial tem ainda outros dois itens curiosos… O primeiro √© a foto da ta√ßa de campe√£o da Sul-Americana, que foi entregue de forma p√≥stuma √† Chapecoense ap√≥s pedido feito pela diretoria do clube colombiano.

Outro detalhe curioso √© a miniatura de parte da aeronave do acidente. “A cabine do avi√£o √© feita em fibra de vidro e foi dif√≠cil para representar. Eu quis ser bastante detalhista”, explicou.

O cuidado com a decoração fez com que os empresários enfeitassem o balcão com fotos do time catarinense e até do mascote mirim da equipe, o garoto Carlinhos, de cinco anos, que se veste de índio para entrar em campo junto com os jogadores.

A dedica√ß√£o aos detalhes para os clientes est√° presente tamb√©m nas refei√ß√Ķes. O papel usado sob o prato para forrar o balc√£o leva o escudo da Chapecoense, assim como as “bolachas” para os copos e o chaveiro entregue aos fregueses. Mas, todo esse cuidado ainda com a decora√ß√£o ainda n√£o deixou os donos satisfeitos, que ainda querem ter um √ļltimo adere√ßo na parede do bar: uma camisa da Chapecoense!

O movimento do bar tem sido aprovado! Em dias de jogos do Nacional, a torcida se re√ļne por l√° antes de entrar no est√°dio. Se n√£o h√° jogo, o perfil do p√ļblico muda. Turistas e moradores visitam como curiosos para ver e tirar fotos das homenagens.

O Café Bar Chapecoense tem como principal especialidade bebidas e lanches, em especial o cachorro quente. O dono preferiu não revelar quanto investiu no local.

Galeria:

Fotos: Reprodução

PUBLICIDADE