PUBLICIDADE

política

Temer chama sistema de “roto e esfarrapado” e defende semipresidencialismo

Em evento do Sindicato das Empresas de Contabilidade de São Paulo (Sescon/SP) o ex-presidente Michel Temer comentou que o País passa por fase de descrença nas autoridades e demais cidadãos, mas reforçou a necessidade de paz e otimismo.

Alan Santos/PR© Alan Santos/PR Alan Santos/PR

Acredite, ele “cuspiu no prato em que comeu”, no bordão popular: Temer disse que o sistema presidencialista é roto e esfarrapado e defendeu um semipresidencialismo.

Temer defendeu ainda o teto de gastos na gestão federal que, na sua visão, é muito importante para não causar um desequilíbrio nas contas públicas.

“Hoje se fala em eliminar o teto de gastos. Eu acho um absurdo, porque ele dá credibilidade interna e internacional”, comentou.

*Por Isto É

PUBLICIDADE