PUBLICIDADE

política

Salário do servidor do Judiciário é o dobro do Executivo, na esfera federal

 - REVISTA MAISJR

A remunera√ß√£o m√©dia do servidor do Judici√°rio √© o dobro do sal√°rio do Executivo, na esfera federal.¬† Os dados constam do estudo ‚ÄúUma an√°lise multidimensional da burocracia p√ļblica brasileira em duas d√©cadas (1995-2016)‚ÄĚ, dispon√≠vel no Atlas do Estado Brasileiro ‚Äď plataforma interativa¬†lan√ßada, hoje (18), pelo¬† Instituto de Pesquisa Econ√īmica Aplicada (Ipea),¬†que traz dados desde 1995 sobre a estrutura e a remunera√ß√£o no servi√ßo p√ļblico federal, estadual e municipal do Executivo, Legislativo e Judici√°rio.

O Atlas do Estado Brasileiro disponibiliza, por n√≠vel federativo e pelos tr√™s poderes, informa√ß√Ķes como total de v√≠nculos de emprego no setor p√ļblico, evolu√ß√£o anual da remunera√ß√£o mensal m√©dia, compara√ß√Ķes entre civis e militares, diferen√ßas de remunera√ß√£o por g√™nero, n√≠vel de escolaridade dos servidores e como isso influencia nas remunera√ß√Ķes, entre outros dados. ‚ÄúO prop√≥sito do Atlas √© alinhavar dados consistentes e de f√°cil compreens√£o, para que subsidiem um debate de qualidade pela sociedade‚ÄĚ, explica um dos coordenadores do projeto e pesquisador do Ipea, Felix Garcia Lopes.

O cruzamento de dados do Atlas do Estado Brasileiro mostra que o Brasil possui 12 milh√Ķes de v√≠nculos p√ļblicos, dentre civis e militares. Apenas em 2017, a sociedade brasileira dispendeu R$ 725 bilh√Ķes com servidores ativos, o que corresponde a 10,7% do PIB brasileiro.

O estudo revela que os servidores do Executivo federal receberam, em m√©dia, 50% das remunera√ß√Ķes do Judici√°rio federal entre 2007 e 2016: R$ 8 mil contra R$ 16 mil, respectivamente. J√° no Legislativo federal, os sal√°rios no per√≠odo foram equivalentes a 90% da remunera√ß√£o do Judici√°rio, em torno de R$ 14,3 mil.

A an√°lise mostra, tamb√©m, que as remunera√ß√Ķes mensais dos servidores estaduais tamb√©m variam substancialmente entre os poderes. Em dez anos (2007-2016), o Executivo apresentou valor m√©dio de 40% (R$ 5,1 mil) das remunera√ß√Ķes do Judici√°rio (R$12 mil) e 51% da remunera√ß√£o do Legislativo (R$ 8,4 mil). Apresentando a maioria dos servidores p√ļblicos do pa√≠s, os munic√≠pios registraram remunera√ß√£o inferior √† das demais esferas, com o Executivo municipal pagando a menor remunera√ß√£o mensal m√©dia (R$ 3 mil).

Os pesquisadores ressaltam que houve amplia√ß√£o da escolaridade dos servidores p√ļblicos em todos os n√≠veis da administra√ß√£o. As diferen√ßas de remunera√ß√£o entre g√™neros tamb√©m aparecem. As mulheres ganham menos, embora essa diferen√ßa varie no tempo e entre n√≠veis e poderes. No Executivo civil federal, por exemplo, homens ganham 14% a mais que as mulheres (m√©dia de 2007 a 2016). ¬†Para ter acesso ao estudo, consulte a plataforma em http://www.ipea.gov.br/atlasestado/.

PUBLICIDADE