PUBLICIDADE

Startups

Já pensou em trabalhar em uma startup? Saiba se você tem o perfil desejado

Um levantamento realizado pela Abstartups (Associa√ß√£o Brasileira de Startups) revelou que o Pa√≠s conta atualmente com 13.400 empresas do tipo. S√£o Paulo √© o polo que mais concentra esse modelo de neg√≥cio, em evolu√ß√£o ano ap√≥s ano. Para se ter uma ideia, em 2015 foram contabilizadas 1.320 startups. No ano passado, o n√ļmero j√° havia saltado para 3.934.

Jovens em especial t√™m voltado os olhos √†s oportunidades que surgem com essa expans√£o. O motivo n√£o √© meramente a oferta de vagas, mas tamb√©m a busca por um ambiente diferente do tradicional. ‚ÄúSe antes nossos pais sonhavam com uma carreira s√≥lida em uma grande empresa e estabilidade financeira, a nova gera√ß√£o j√° tem conceitos distintos em mente. A estabilidade abriu m√£o para a liberdade criativa‚ÄĚ, diz Jos√© Muritiba, diretor executivo da Abstartups.

Essa atra√ß√£o √© comprovada em n√ļmeros. No √ļltimo mapeamento que realizamos pela entidade, em outubro de 2020,¬†70,5%¬†das startups declararam n√£o possuir colaboradores acima de 50 anos em seu time operacional. Se analisarmos a idade dos fundadores,¬†55,8%¬†tinham entre 20 a 35 anos.

Criatividade e m√£o na massa

Uma caracter√≠stica comum entre os colaboradores de startups √© a motiva√ß√£o em rela√ß√£o ao projeto. ‚ÄúEspecialmente nos primeiros anos de uma startup, existe um ambiente de incertezas e muita valida√ß√£o, por isso √© fundamental que os colaboradores estejam engajados com as entregas e alinhados com a cultura do time, que costuma ser enxuto ‚Äď 81,9% das startups no Brasil t√™m at√© 10 colaboradores. Vontade de aprender e testar coisas novas, ser multitarefas e ter vis√£o estrat√©gica s√£o pontos fundamentais em um candidato‚ÄĚ, explica Muritiba.

O diretor ressalta que experi√™ncias profissionais e fit cultural valem mais em um processo seletivo do que necessariamente uma forma√ß√£o acad√™mica. At√© porque, muitas fun√ß√Ķes nesse tipo de empresa n√£o est√£o necessariamente atreladas a um curso espec√≠fico.

Al√©m disso, algumas soft skills s√£o fundamentais, como comunica√ß√£o eficaz, pensamento criativo, resili√™ncia, empatia e √©tica. Um esp√≠rito empreendedor tamb√©m ajuda ‚Äď e muito. ‚ÄúTer um perfil que entende o ecossistema de startups, os agentes que a comp√Ķem e como funcionam as particularidades do modelo de neg√≥cio s√£o pontos positivos para um candidato‚ÄĚ, diz Muritiba.

Starups costumam ainda adotar gest√Ķes horizontais, especialmente pelo baixo n√ļmero de colaboradores no time. ‚ÄúPor conta da equipe enxuta, √© comum o trabalho em times multidisciplinares e existe uma autogest√£o grande de cada colaborador‚ÄĚ, afirma o representante da Abstartups.

Palavra do mercado

A Aktie Now, startup de tecnologia voltada ao atendimento ao cliente, busca preencher suas vagas dispon√≠veis com profissionais que queiram crescer, aprender, gostem de desafios e que estejam alinhados com os valores da empresa. ‚ÄúConfian√ßa, transpar√™ncia, comprometimento, interdepend√™ncia, humaniza√ß√£o das rela√ß√Ķes e adaptabilidade s√£o caracter√≠sticas que valorizamos‚ÄĚ, afirma Carolinne Romano, Head de Recursos Humanos.

Carolinne explica que, na hora da contrata√ß√£o, a balan√ßa tende a pender para o lado comportamental. ‚ÄúAs quest√Ķes t√©cnicas tamb√©m s√£o importantes, claro, mas ter um profissional alinhado aos nossos valores √© algo que costuma se destacar em meio aos nossos processos seletivos.‚ÄĚ

A gest√£o horizontal √© uma marca da empresa. ‚ÄúAbsolutamente todos os colaboradores t√™m acesso direto aos l√≠deres de √°rea e tamb√©m ao CEO da empresa. Entendemos que essa troca √© vantajosa para todo¬†mundo. Nenhum l√≠der, por mais inteligente e capacitado que seja, √© detentor de um conhecimento absoluto‚ÄĚ, afirma.

Já para a escola corporativa Sputnik, empatia,  escuta ativa e inteligência emocional são habilidades muito valorizadas na hora de escolher um novo colaborador para o quadro.

Na startup, o conceito de lideran√ßa √© chamado de circunstancial. ‚ÄúPara cada projeto temos lideran√ßas rotativas, o que permite formar mais pessoas dentro da equipe. N√£o existe um l√≠der fixo, mas lideran√ßas que v√£o circulando, fazendo com que o trabalho fique mais flu√≠do, colaborativo e produtivo‚ÄĚ, afirma Jean Rosier, co-fundador e professor da Sputnik.

Para Rosier, a migra√ß√£o de um modelo mais tradicional de trabalho para uma startup √© poss√≠vel, desde que o mindset tamb√©m migre. ‚ÄúPara essa troca, √© fundamental entender que na maioria das vezes as pr√°ticas ser√£o diferentes, o ritmo, a velocidade na tomada de decis√£o e o ambiente ser√£o at√≠picos. Agora, com cabe√ßa aberta, esfor√ßo e adapta√ß√£o intencional, tudo √© poss√≠vel.‚ÄĚ

Por sua vez, a Skore, plataforma de aprendizagem para empresas, busca profissioanais dotados de caracter√≠sticas como colabora√ß√£o, comprometimento e curiosidade. ¬†‚ÄúTemos uma cultura colaborativa e voltada √† aprendizagem. Somos apaixonados por aprender e por compartilhar nosso conhecimento‚ÄĚ, diz Cibele Stefani, Head of Talent Experience.

Para a gestora, ter o sentimento de dono do neg√≥cio √©, sem d√ļvida, uma caracter√≠stica determinando para o candidato que quer se destacar. ‚ÄúPrezar pelo crescimento da organiza√ß√£o √© um diferencial para ser bem-sucedido em qualquer startup. Al√©m disso, um perfil empreendedor costuma ter menos avers√£o ao risco. Isso permite que a empresa seja mais criativa na hora de encontrar solu√ß√Ķes para os problemas cotidianos‚ÄĚ, aponta.

Na Skore, o fit cultural tamb√©m √© prioridade. ‚ÄúExperi√™ncias adquiridas ao longo da trajet√≥ria e o fit com nossos valores s√£o determinantes. Se voc√™ √© formado em gastronomia, mas √© aderente a nossa cultura, sabe aplicar conceitos e obter resultados em marketing digital, por exemplo, queremos voc√™ com a gente‚ÄĚ, afirma Cibele.

*Por Marília Montich/Metro Jornal

PUBLICIDADE