4.0 // manual4.6 // bebidas

Mitos e verdades sobre o chope

Para quem gosta de chope não é necessário ser especialista em maltes, lúpulos e leveduras para se apaixonar por este mundo. Com os milhares de apreciadores também surgem os mitos sobre a bebida. Para desmistificar alguns pontos, Scott Ashby, da microcervejaria Ashby, de Amparo, interior de São Paulo, elencou os principais. Confira:

– Verdade: Chope e cerveja é a mesma bebida?

Sim, é a mesma bebida. A diferença é que a cerveja passa por um tratamento térmico para aumentar o prazo de validade do produto. Já o chope, que é não pasteurizado, tende a ser mais fresco e com um prazo de validade mais reduzido.

Verdade: O colarinho tem função?

Tem gente que não faz questão do colarinho. A espuma, que forma no copo ao servir o chope ou cerveja, é natural do produto e dá a condição de sentirmos os aromas produzidos pelos maltes e lúpulos utilizados no processo. Tradicionalmente, são deixados dois dedos de espuma no copo.

– Mito: O chope dá mais ressaca, se comparado às outras bebidas

O chope não é o vilão da história. Na verdade, o álcool é o responsável pelos sintomas indesejados no dia seguinte, sem contar com a comilança de acompanhamentos nem sempre “lights”. Uma sugestão importante, além do consumo moderado, é intercalar um copo de chope com um copo de água.

– Mito. Quem bebe chope não tem um estilo de vida balanceado

Completamente mito. Assim como o vinho, o chope é feito de ingredientes naturais que contém vitaminas, minerais, além de ser rica em antioxidantes, sendo benéfico para o ser humano. Mas atenção, é preciso consumir com moderação.

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista