4.0 // manual4.4 // cabelo & barba

Entenda os cuidados especiais para as barbas ruivas

Ser ruivo sempre foi algo especial e raro. Por conta desta raridade, os ruivos estão sempre rodeados de mitos e curiosidades. Existe até quem tenha fobia de pelos ruivos ou quem especule sua extinção. Fato que foi desmentido por um artigo da National Geographic. Os estados brasileiros com maior concentração de ruivos naturais são: São Paulo com 29,5%, em segundo lugar Rio Grande do Sul com 17,4% e terceiro lugar Paraná com 12,6%.

Ruivos nunca passam despercebidos. Eles causam um misto de fascinação e estranhamento, afinal, apenas cerca de 1% da população mundial nasceu com cabelos avermelhados. Outro fato curioso é de que você não precisa ser ruivo para ter a barba avermelhada. Isso acontece por conta de uma mutação devido a hereditariedade, no gene responsável pelos cabelos ruivos.  Essa aparência normalmente é ligada aos povos vikings, guerreiros, exploradores e colonizadores e esteve em alta nas barbearias por algum tempo. Grande parte deste público concentra-se nos E.U.A e na Europa.

Mas afinal, você sabe o que fazer para manter uma barba ruiva? Se os cabelos ruivos exigem um cuidado mais cauteloso, os fios da barba ruiva também precisam de atenção e cuidados mais zelosos. Veja algumas dicas escolhidas, pelo sócio proprietário da rede OBDE Vinicius Danieli.

Um fato curioso é que os ruivos não ficam grisalhos. Isso pelo fato eumelanina (fios escuros) e da feomelanina (fios ruivos). A eumelanina dos fios escuros geralmente se esgota enquanto a feomelanina desbota. Ou seja, quem tem a barba ruiva não ficará grisalho. Os fios ficarão mais claros com o tempo, chegando perto de um tom de loiro ou lembrando a cor do cobre. Mas dificilmente chegará no grisalho-prateado. Além disso há o fator genético, quanto mais cedo as pessoas da sua família ficaram grisalhas mais cedo os seus fios brancos irão aparecer.

Cuidados especiais com a barba ruiva: 

O primeiro cuidado a ser tomado é com o sol. Por não possuírem os pigmentos que protegem os bulbos capilares e a pele, como na barba escura, os ruivos devem hidratar com mais frequência os fios da barba, para que ela não perca o brilho. Sempre após o banho ou lavagem do rosto, deve aplicar óleo de hidratação ou um balm nos fios. Como é complicado viver fugindo do sol em pleno país tropical, outra dica é o uso de protetor ou bloqueador solar, diariamente.

Lave sua barba com frequência e utilize shampoos específicos. Assim como o shampoo para cabelos, os produtos de barba também são desenvolvidos especialmente para cada tipo (ruivos, pretos, castanhos ou loiros). No caso, o shampoo para a barba ruiva oferece os nutrientes específicos e necessários para realçar a cor.

Outro produto essencial é o óleo para barbas. Ele oferece uma blindagem contra a poluição e os raios solares, além é claro, de perfumar os tão queridos pelos rubros. Penteie sua barba. Facilita os cuidados, a deixa macia e sempre bem arrumada. Uma dica é usar o pente de madeira pois mantem o desenho.

A barba ruiva e cheia precisa de um cuidado ainda maior, se quiser manter um visual bonito e de qualidade. Devido aos fatores acima, sua limpeza e aparação devem ser ainda mais frequentes. Por serem ainda mais chamativas que outras cores, um bom trato faz toda a diferença. Pentear a barba com frequência também faz muita diferença no visual, deixa os demais cuidados mais práticos e ajuda a manter a barba macia.

E por fim, valorize sempre o seu visual. Seja com bigodes e barbas cheias ao estilo irlandês, com os bigodes durinhos de pontas viradas tradicionalmente ingleses ou ao clássico estilo viking. Se você deseja aperfeiçoar o visual com profissionais experientes, o que é indicado, vá em uma das 5 unidades da marca de credibilidade e respeito no mercado “O Barbeiro da Esquina®”.

São 2 lojas em Moema (Avenida Jacutinga 270 e Av. Jamaris 485), uma loja em Pinheiros (Rua Joaquim Antunes, 430), uma loja no Tatuapé (Rua Serra de Japi, 982) e mais uma unidade no bairro do Morumbi (Av. Giovani Gronchi, 5595).

 

Foto: Divulgação

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista