PUBLICIDADE

Mercado

Procon multa empresa por propaganda enganosa de “Bettina”

 

 - REVISTA MAISJR

(Crédito: Reprodução)

 

A empresa Empiricus foi multada pela Fundação Procon-SP, vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania, por veicular, amplamente, em vídeos no YouTube, peça publicitária em que a jovem Bettina Rudolph anuncia ter ganhado mais de um milhão de reais, em apenas três anos de investimentos  na Bolsa, sob orientação da empresa.

De acordo com o Procon, a afirma√ß√£o de garantias de resultados de investimentos sob orienta√ß√£o da companhia, via movimenta√ß√Ķes financeiras no mercado vari√°vel de a√ß√Ķes, √© enganosa e √© capaz de induzir o consumidor a erro, infringindo o artigo 37, ¬ß1¬ļ do C√≥digo de Defesa do Consumidor.

Segundo o √≥rg√£o, a empresa pode pagar multa entre um m√≠nimo de 650 reais e o m√°ximo de 9 milh√Ķes, variando de acordo com a gravidade da infra√ß√£o, a vantagem auferida e a condi√ß√£o econ√īmica do fornecedor.

Segundo o Procon, a empresa foi notifica no dia 19 de março. No dia 25 de março, o Procon enviou uma representação criminal contra a empresa ao Departamento de Polícia e Proteção à Cidadania da polícia civil de São Paulo РDPPC, tendo em vista a prática, em tese, de infração penal aos artigos 67 e 69 do Código de Defesa do Consumidor no que diz respeito às práticas de publicidade enganosa e propaganda abusiva.

No documento, foi pedido a instauração de um inquérito policial contra a referida empresa para apuração de fatos potencialmente lesivos ao direito do consumidor e a adoção das providências legais cabíveis.

Em nota, a empresa  comunicou  que foi notificada de uma multa de R$ 40 mil reais encaminhada pelo Procon, sobre a qual ainda cabe recurso, e reforça que a peça publicitária em questão direciona interessados para o curso gratuito de educação financeira, feita por uma equipe de 32 especialistas.