PUBLICIDADE

Mercado

Nubank atinge 1 milhão de clientes em criptomoedas

O Nubank (NU, NUBR33) alcançou 1 milhão de clientes na compra de criptomoedas no Brasil. Segundo a fintech, a marca foi atingida em menos de três semanas. O serviço foi lançado em maio e disponibilizado para toda a base de usuários no fim de junho.

“Essa extraordinária conquista em tão pouco tempo mostra que estamos no caminho certo, bem posicionados e em linha com nosso propósito de democratizar as criptomoedas e proporcionar ao cliente acesso a novas oportunidades financeiras”, afirma Thomaz Fortes, líder da área de cripto do Nubank, em comunicado enviado hoje (26) à imprensa.

De acordo com o banco digital, a proposta é democratizar e inserir o acesso a criptoativos na rotina diária dos clientes, já que o mercado tem sistemas complexos que dificultam a adesão de pessoas interessadas em dar os primeiros passos. A fintech oferece a possibilidade de aplicações a partir de R$ 1 em bitcoin e ethereum.

A Paxos, líder de infraestrutura de blockchain, atua como provedora de liquidez e realiza a custódia das criptomoedas — o que garante a proteção global dos ativos dos clientes do Nubank pelos principais reguladores de ativos digitais.

Bancos digitais miram o mercado

Não é só o “roxinho” que está de olho no mercado de criptomoedas. A XP Inc informou que pretende abrir sua plataforma de negociação de bitcoin e ethereum até agosto, além dos planos de ampliar o portfólio até o final do ano.

Quem também oferece a transação é o braço financeiro do Mercado Livre, o Mercado Pago. Em dezembro do ano passado, a plataforma estreou a funcionalidade de compra e venda de criptomoedas por meio de seu aplicativo.

A carteira digital da 99 é outra que disponibiliza aos seus clientes transações de bitcoin desde outubro de 2021. Ontem (25), a empresa anunciou um aumento nas moedas disponíveis para negociações. Além do bitcoin, são ofertadas ethereum (ETH), USD coin (USDC), solana (SOL) e decentraland (MANA).

*Com informações da Forbes