PUBLICIDADE

fus√£o

Jovens amam Instagram e TikTok, e desprezam Twitter e Facebook, diz pesquisa

O relatório bianual Taking Stocks with Teens, do banco de investimento Piper Sandler, mostra que Snapchat, Instagram e TikTok são as plataformas que os jovens dos EUA mais gostam, enquanto Facebook e Twitter são as que recebem menor referência.  A pesquisa analisou o consumo de marcas e serviços de 10.000 jovens norte-americanos sobre vários setores. Sobre quais redes sociais preferem, 35% responderam Snapchat; 30%, TikTok; e 22%, Instagram. Apenas 2% responderam Twitter ou Facebook.

Já a rede mais usada é o Instagram, com 81%, seguida por Snapchat, com 77%, e TikTok, com 73%. Sobre o consumo de vídeos, a Netflix lidera com 32%, contra 30% do YouTube.  A média de uso das plataformas é de 4,2 horas diárias.

Os dados s√£o importantes para as redes, que tentam se reinventar para manter relev√Ęncia e tentar atingir um p√ļblico maior e mais novo. O Instagram, por exemplo, copiou elementos do Snapchat e TikTok.

A rede social também desenvolvia uma versão voltada para crianças, mas pausou o projeto depois de uma reportagem do Wall Street Journal divulgar que o Facebook, dono da plataforma, sabia dos danos que causava para meninas jovens.

Em rela√ß√£o a gastos, a prioridade para meninas s√£o vestu√°rio e comida. Para meninos √© o contr√°rio: comida primeiro, depois vestu√°rio. A marca de roupas preferida √© a Nike, e as gigantes do¬†fast fashion¬†Shein e H&M aparecem nas 6¬™ e 8¬™ posi√ß√Ķes, respectivamente. Dinheiro vivo √© a forma de pagamento mais usada, seguida por Apple Pay e PayPal. Os sites de com√©rcio virtual onde preferem gastar s√£o a Amazon e Shein.

A pesquisa tamb√©m listou as quest√Ķes sociopol√≠ticas que consideram mais importantes e aponta que a Gera√ß√£o Z parece se preocupar mais com justi√ßa social e sustentabilidade que gera√ß√Ķes anteriores. Para eles, as maiores preocupa√ß√Ķes atuais s√£o o meio ambiente, a igualdade racial e o Afeganist√£o.

*Por Poder 360

PUBLICIDADE