PUBLICIDADE

política

Flávio Bolsonaro vai depor na segunda-feira sobre acusação de vazamento

O senador Fl√°vio Bolsonaro vai depor hoje (20), ao Minist√©rio P√ļblico Federal (MPF) na investiga√ß√£o que apura supostos vazamentos da Pol√≠cia Federal na Opera√ß√£o Furna da On√ßa. O filho do presidente da Rep√ļblica, Jair Bolsonaro, vai depor na condi√ß√£o de testemunha a um procurador da Rep√ļblica que vai ao seu encontro em Bras√≠lia.

Em nota divulgada no s√°bado, 18, a assessoria do parlamentar informou que o senador marcou a data do depoimento “para que a verdade seja restaurada o mais r√°pido poss√≠vel”. Ele foi intimado em 19 de junho e tinha trinta dias para marcar a data do depoimento.

A investiga√ß√£o do MPF faz parte do procedimento aberto para apurar declara√ß√Ķes feitas pelo ex-aliado do governo, o empres√°rio e pr√©-candidato √† prefeitura do Rio, Paulo Marinho (PSDB), de que o filho mais velho do presidente foi previamente avisado sobre a opera√ß√£o que trouxe √† tona as movimenta√ß√Ķes at√≠picas nas contas de seu ex-assessor Fabr√≠cio Queiroz.

O ex-funcion√°rio de Fl√°vio na Assembleia Legislativa do Rio foi citado em um relat√≥rio do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf), o que arrastou o ent√£o deputado estadual para o centro de uma investiga√ß√£o criminal sobre suposto esquema de desvio de sal√°rios em seu gabinete, a chamada “rachadinha”.

Marinho afirma que, segundo relato do pr√≥prio Fl√°vio, um delegado da Pol√≠cia Federal avisou das investiga√ß√Ķes pouco ap√≥s o primeiro turno das elei√ß√Ķes daquele ano e informou que membros da Superintend√™ncia da PF no Rio adiariam a opera√ß√£o para n√£o prejudicar a disputa de Jair Bolsonaro no segundo turno das elei√ß√Ķes de 2018.

Na ocasi√£o, Fl√°vio disse que a acusa√ß√£o era uma “inven√ß√£o” e que o empres√°rio teria interesse de prejudic√°-lo, uma vez que √© seu suplente no Senado Federal.

PUBLICIDADE