PUBLICIDADE

4.0 - EMPREENDEDORISMO

Especialista descomplica declaração do Imposto de Renda para o MEI

 

 - REVISTA MAISJR

(Crédito: Agência Brasil)

 

Se a época de declaração do Imposto de Renda já é complicada, para os empreendedores detentores do MEI, ela é ainda mais desafiadora, já que quem opta por ter o MEI é obrigado a entregar uma declaração como pessoa jurídica e outra como pessoa física, o que pode vir a causa um nó na cabeça de muitos. Para a orientadora financeira Dora Ramos, a distinção mais importante a ser feita pelo empreendedor é entre o seu rendimento e os lucros de sua empresa.

Segundo a especialista, um ponto que muitos se enganam √© o momento de calcular a fatia de lucros gerados e distribu√≠dos ao Empreendedor do MEI a partir do rendimento que a empresa teve durante o ano. ¬†‚ÄúA lei dita que quem recebeu rendimentos tribut√°veis acima de R$28.559,70 em 2018 √© obrigado a entregar a declara√ß√£o do IR. ¬†At√© a√≠ tudo bem, mas no caso do MEI, o lucro distribu√≠do √© isento desde que as regras determinadas pela Receita Federal sejam seguidas‚ÄĚ, afirma.

Segundo a especialista, √© importante que o empreendedor do MEI realize, durante o ano, um controle, talvez at√© na forma de um livro-caixa, para entender qual dinheiro √© dele e qual √© do MEI. Dora explica que h√° uma parcela do lucro que √© isenta, dependendo do setor de atua√ß√£o, ‚ÄúO de transporte de passageiros, por exemplo, isenta 16% da receita bruta total, enquanto o de com√©rcio, ind√ļstria e o transporte de carga isentam apenas 8%. J√° para outros servi√ßos em geral, essa porcentagem sobe para 32%‚ÄĚ, revela.

A especialista orienta o empreendedor a colocar no papel o valor do faturamento da empresa e subtrair do valor das despesas gastas durante o ano. O resultado desta opera√ß√£o ser√° seu lucro isento de imposto de renda. Caso o empreendedor n√£o tenha feito esse controle ou n√£o tenha condi√ß√Ķes de efetuar esse levantamento, a solu√ß√£o, segundo ela, √© efetuar o c√°lculo de acordo com seu ramo de atua√ß√£o.

‚ÄúBasta, ent√£o, pegar seu lucro e subtrair sua parcela isenta – o resultado ser√° seu rendimento tribut√°vel. Se esse valor ultrapassar os R$28.559,70, voc√™ deve, sim, entregar a declara√ß√£o de Imposto de Renda de pessoa f√≠sica‚ÄĚ, adverte.¬† ‚ÄúAmbos devem ser declarados e de maneira diferente, se atentando √†s regras acima. N√£o passe nervoso com o Le√£o, nem emocionalmente e nem financeiramente‚ÄĚ, diz.