PUBLICIDADE

política

Bolsonaro afirma que está bem com cloroquina e que “viverá por muito tempo”

O presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais na manhã desta quarta-feira (8) para defender o fim da quarentena horizontal. O chefe do Executivo afirmou que as medidas de isolamento foram tomadas com o objetivo de preparar os hospitais com insumos e leitos.

“Todas as medidas de isolamento adotadas por governadores e prefeitos sempre visaram retardar o contágio enquanto os hospitais se preparavam para receber respiradores e leitos UTIs. O nosso Governo atendeu a todos com recursos e meios necessários. Mais ainda, criamos meios para preservar empregos e auxiliamos com 5 parcelas de R$ 600,00 um universo de 60 milhões de informais/”invisíveis.”

Bolsonaro voltou a dizer que o combate ao vírus “não pode ter um efeito colateral pior que o próprio vírus”.

“Nenhum país do mundo fez como o Brasil. Preservamos vidas e empregos sem propagar o pânico, que também leva a depressão e mortes. Sempre disse que o combate ao vírus não poderia ter um efeito colateral pior que o próprio vírus”.

O presidente também defendeu o uso de hidroxicloroquina. Ele testou positivo para o coronavírus e apontou que está muito bem fazendo uso da medicação e que viverá por muito tempo.

“Aos que torcem contra a hidroxicloroquina, mas não apresentam alternativas, lamento informar que estou muito bem com seu uso e, com a graça de Deus, viverei ainda por muito tempo”, concluiu.

Propaganda pró-hidroxicloroquina

Na tarde de ontem (7/7), o presidente postou um vídeo nas redes sociais onde aparece segurando um copo d’água e um comprimido de hidroxicloroquina.

“Eu tomei a Hidroxicloroquina e estou me sentindo muito bem. Uma boa tarde a todos”, escreveu o chefe do Executivo na legenda. Bolsonaro então explica que está tomando a terceira dose da medicação, que ainda não possui eficácia comprovada.

Na imagem, rindo, Bolsonaro tenta transpassar que, apesar da doença, tudo corre bem e que o tratamento com a hidroxicloroquina está surtindo efeito. Ele afirma ainda confiar na medicação e questiona os seguidores se os mesmos também acreditam no uso.

“Estou tomando aqui a terceira dose da hidroxicloroquina. [risos] Estou me se sentindo muito bem. Estava mais ou menos domingo, mal segunda feira. Hoje, terça, estou muito melhor do que sábado. Então com toda certeza né, está dando certo [engole o comprimido com água]. Sabemos que hoje em dia existem outros remédios que podem ajudar a combater o coronavírus, sabemos que nenhum tem a sua eficácia cientificamente comprovada, mas é mais uma pessoa que está dando certo. Então eu confio na hidroxicloroquina, e você? Valeu. Tamo junto”, disse. Além de não ser comprovado cientificamente, o uso indiscriminado da medicação e sem acompanhamento médico pode ter sérios efeitos colaterais, entre eles, arritmia cardíaca.

Por Ingrid Soares/CB

PUBLICIDADE