PUBLICIDADE

Mercado

Shein avança com produção no Brasil e chega a 336 fábricas parceiras em 12 Estado

A varejista¬†Shein¬†j√° atingiu o n√ļmero de 336 fornecedores parceiros para a sua estrat√©gia de produ√ß√£o local para atender o mercado brasileiro. Em maio, em resposta √†s cr√≠ticas que recebeu dos concorrentes nacionais pela importa√ß√£o de produtos e ao plano depois abandonado do governo de taxar as remessas internacionais de encomendas abaixo dos US$ 50, a empresa fundada em 2012 pelo chin√™s Chris Xu e sediada em¬†Cingapura¬†assumiu o compromisso de ter 2 mil parceiros de manufatura no¬†Brasil¬†e investir R$ 750 milh√Ķes num per√≠odo de tr√™s anos.

A meta envolve tamb√©m, segundo a empresa, movimentar 100 mil empregos diretos e indiretos no Pa√≠s e ter 85% das vendas feitas no Brasil relacionadas a produtos de fabrica√ß√£o local at√© o fim de 2026. Com essa estrat√©gia, a empresa est√° tornando o Brasil um dos seus tr√™s grandes centros de produ√ß√£o global, ao lado de China e Turquia. ‚ÄúTemos um objetivo ousado, de tornar o Brasil um ‚Äėhub‚Äô de exporta√ß√Ķes. O Pa√≠s tem um parque t√™xtil bom‚ÄĚ, afirma a diretora de produ√ß√£o local da Shein, Fabiana Magalh√£es. A empresa opera em 150 pa√≠ses.

As 336 f√°bricas parceiras est√£o localizadas em 12 Estados: Santa Catarina, Paran√°, Rio Grande do Sul, S√£o Paulo, Rio de Janeiro, Esp√≠rito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Cear√°, Pernambuco, Bahia e Rio Grande do Norte. At√© o momento, 213 dessas f√°bricas j√° operam no modelo de neg√≥cios da Shein, conhecido por trazer inova√ß√Ķes no lan√ßamento e testes de aceita√ß√£o de cada pe√ßa, baseados em intelig√™ncia artificial.

Fabiana Magalhães, diretora de produção local da Shein no Brasil Foto: Divulgação Shein

Fabiana Magalhães, diretora de produção local da Shein no Brasil Foto: Divulgação Shein© Fornecido por Estadão

‚ÄúSomos uma empresa de tecnologia. A gente testa, comprova e alavanca a produ√ß√£o. Come√ßamos com quantidade pequenas, de 50 a 200 pe√ßas, e nos baseamos em dados para produzir mais pe√ßas de cada modelo‚ÄĚ, diz a executiva. ‚ÄúMuitos fornecedores querem aprender a atuar de forma inovadora, e fazer mais do mesmo n√£o lev√°-los ao futuro.‚ÄĚ

Segundo a estrat√©gia da Shein, 100% dos fornecedores ficam com acesso a todos os dados da empresa, e conseguem acompanhar a evolu√ß√£o das vendas de cada pe√ßa. ‚ÄúSe uma pe√ßa √© lan√ßada e no primeiro dia vende duas unidades, e no terceiro j√° salta para 50, a fabricante pode j√° planejar um aumento da produ√ß√£o e pode sugerir para n√≥s uma varia√ß√£o sobre o mesmo tema.‚ÄĚ

Novas cole√ß√Ķes

Desde que a produ√ß√£o local se iniciou, 4 mil modelos j√° foram criados. ‚ÄúNo centro de toda a estrat√©gia para o Pa√≠s est√° oferecer custo benef√≠cio, variedade, moda brasileira e inova√ß√£o.‚ÄĚ

Shein lan√ßa cole√ß√Ķes de underwear, fitness e plus size com produ√ß√£o no Brasil Foto: Divulga√ß√£o Shein

Shein lan√ßa cole√ß√Ķes de underwear, fitness e plus size com produ√ß√£o no Brasil Foto: Divulga√ß√£o Shein¬©¬†Fornecido por Estad√£o

Essa expans√£o da produ√ß√£o brasileira acontece no momento em que a Shein lan√ßa tr√™s novas cole√ß√Ķes para o mercado local:¬†plus size,¬†fitness¬†e¬†underwear. Tudo isso considerando a modelagem para o corpo e os gostos brasileiros. ‚ÄúToda a produ√ß√£o √© baseada em dados, n√£o no¬†feeling. As novas categorias s√£o com base no que o consumidor quer‚ÄĚ, diz Fabiana.

Por Estad√£o