PUBLICIDADE

cursos

Jovens tem dificuldade para definir qual carreira seguir

O CPS (Cedaspy Professional School), rede de escolas de capacitação e profissionalização de jovens para o mercado de trabalho, atraiu cerca de 6 mil estudantes interessados em realizar testes de aptidão e orientação vocacional durante a Expo CIEE 2019, maior evento estudantil da América Latina. A feira aconteceu em maio e reuniu mais de 50 mil visitantes em três dias.

Andrei Mustafa, consultor de carreira do CPS, calculou que 60% dos jovens que passaram pelo estande do CPS na feira estavam indecisos quanto ao futuro profissional. “Esses jovens não sabem qual carreira seguir. Os outros cerca de 40% estão indecisos entre áreas completamente distintas”, afirma Andrei. Esse detalhe observado pelo consultor de carreira do CPS se reflete diretamente no motivo pelo qual os visitantes foram até o estande da rede de escolas de capacitação e profissionalização – 80% buscavam fazer o teste vocacional.

Entrada no mercado de trabalho pode acelerar a decisão

Um estudo do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), feito pelo Instituto de Pesquisas Datafolha em todas as regiões do Brasil, indica que, em média, o jovem começa a trabalhar aos 16 anos. “Quando inicia cedo seu contato com a vida profissional, o jovem consegue decidir mais facilmente qual carreira quer seguir”, completa Andrei.

Para o consultor de carreira, é preciso trabalhar as habilidades pessoais e competências do estudante para torná-lo mais competitivo na disputa de vagas, como as de programas de Jovem Aprendiz. “O comportamento empreendedor também deve ser estimulado para que o jovem perceba ainda o caminho do seu próprio protagonismo na sociedade”, finaliza.