PUBLICIDADE

Mercado

Ind√ļstria da beleza quer ampliar share no varejo farmac√™utico

 - REVISTA MAISJR

(Crédito: Pixabay) 

Estudo realizado pela empresa IQVIA, divulgado em fevereiro pela Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar), aponta que 32% das vendas totais do varejo farmacêutico em 2018 no país foram provenientes de não-medicamentos, especialmente de produtos de Higiene, Perfumaria e Cosméticos (HPC).

De olho nesse fil√£o, a ind√ļstria da beleza mira suas a√ß√Ķes de vendas para farm√°cias e drogarias. A empresa de maquiagens Dailus, que considera o varejo farma um canal estrat√©gico para a venda de maquiagens e esmaltes, pretende expandir parcerias com farm√°cias independentes, que respondem por 25% desse mercado. ‚ÄúAcredito que podemos evoluir muito nesse canal. No entanto, para que a parceria d√™ certo, o ideal √© analisar em conjunto o mix de produtos mais adequado para cada tipo de neg√≥cio e formato de loja‚ÄĚ, avalia Samir Silva, gerente nacional de Vendas da Dailus.

Roberto Vaz, diretor-presidente da empresa de dermocosm√©ticos Nupill, que desde 2007 disponibiliza seus produtos em farm√°cia, conta que come√ßou a investir no canal farma ap√≥s perceber a mudan√ßa no comportamento das redes. ‚ÄúAl√©m de disponibilizarem mais espa√ßo aos cosm√©ticos, elas passaram a trabalhar com margens mais adequadas e a competir com o canal alimentar, principalmente com marcas multinacionais‚ÄĚ, explica.

Segundo o executivo da Nupill, cujo principal canal de vendas √© perfumaria, o canal farma tem se tornado atrativo. ‚ÄúO canal farma tende a ampliar o mix de marcas regionais, para equilibrar as margens na categoria de cosm√©ticos, competindo com as perfumarias‚ÄĚ, analisa.

Novata no canal farma, onde estreou no ano passado, a Professional Donna, marca de varejo da Itallian Hairtech, empresa de referência entre os cabeleireiros profissionais, está muito otimista com o desempenho em 2019 e aposta em novas parcerias com farmácias e drogarias, para fomentar negócios.

Bons negócios

De acordo com a Pesquisa de Beleza e Cuidados Pessoais da Euromonitor, até o ano de 2020, o setor crescerá numa média de 2,7% a cada ano. De olho nesse cenário, o espaço concedido ao setor cresceu 10% na 15ª Abradilan Conexão Farma, feira que começa hoje (19) no Expo Center Norte em São Paulo.

‚Äú√Č necess√°rio que os distribuidores estejam atentos √† essa oportunidade. Muitos deles ainda concentram 100% dos seus neg√≥cios em medicamentos, mas precisam entender a categoria e aproveitar o bom momento dos cosm√©ticos no Brasil para emplacar seus neg√≥cios‚ÄĚ, argumenta Vaz, da Nupill.