PUBLICIDADE

1.0 - RADARbrasil

Ex-militar √© preso durante opera√ß√£o ‘Shooter’

Um ex-militar do Exército foi preso na manhã desta sexta-feira (23) durante a operação Shooter (atirador, em inglês), que desarticula esquema de tráfico de armas no Distrito Federal. A ação mobilizou 180 policias civis para cumprir 22 mandados de prisão e 43 de busca e apreensão.

Por volta das 8h30, cerca de 10 pessoas haviam sido presas. Entre elas, o ex-militar Mauro de Souza Ferreira, apontado como líder do grupo. Um helicóptero estava sendo usado para dar suporte à operação.

Segundo a Polícia Civil, entre os alvos estão dois militares ativos e dois ex-militares do Exército e um da reserva da Aeronáutica. Os pedidos de prisão são temporários, ou seja, valem por cinco dias prorrogáveis.

As buscas e apreens√Ķes est√£o sendo cumpridas em seis regi√Ķes do DF (Cruzeiro, Santa Maria, Jardim Bot√Ęnico, Guar√°, Gama) e duas do Entorno (Valpara√≠so de Goi√°s e Novo Gama). Entre os alvos est√£o, tamb√©m, colecionadores que teriam comprado armas ilegais de traficantes.

Investiga√ß√Ķes

As investiga√ß√Ķes come√ßaram h√° cerca de quatro meses, quando policiais da Coordena√ß√£o de Combate ao Crime Organizado trabalhavam em outra opera√ß√£o que tamb√©m envolvia fac√ß√Ķes.

Na ocasi√£o, eles perceberam a movimenta√ß√£o de um grupo para venda de armas de uso restrito e de uso permitido ‚Äď estas, pistolas 9 mm e espingardas calibre .12, estavam com numera√ß√£o raspada.

Fonte: G1

PUBLICIDADE