PUBLICIDADE

brasil

Sa√ļde antecipa nova dose da bivalente para idosos

Diante da identifica√ß√£o de duas novas sublinhagens do v√≠rus da covid-19 no pa√≠s, o Minist√©rio da Sa√ļde passou a recomendar uma nova dose da vacina bivalente para pessoas com 60 anos ou mais e imunocomprometidos acima de 12 anos que tenham recebido a √ļltima dose do imunizante h√° mais de seis meses.

‚ÄúSeguimos atentos ao cen√°rio epidemiol√≥gico da covid-19. Com a identifica√ß√£o de duas novas sublinhagens no pa√≠s, a JN.1 e JG.3, decidimos antecipar para grupos priorit√°rios uma nova dose da vacina bivalente. A vacina√ß√£o √© essencial para nossa prote√ß√£o‚ÄĚ, twitou a ministra da Sa√ļde, N√≠sia Trindade.

‚ÄúSempre trabalhamos para que estejam dispon√≠veis as vacinas mais atualizadas, seguras e eficazes aprovadas pela Anvisa [Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria]. Em especial para pessoas em grupos de risco ou com sintomas gripais, recomenda-se maior prote√ß√£o, como o uso de m√°scara em locais fechados e evitar aglomera√ß√Ķes.‚ÄĚ

Antiviral

A pasta destacou ainda que o antiviral nirmatrelvir/ritonavir est√° dispon√≠vel na rede p√ļblica para o tratamento da infec√ß√£o por covid-19 em idosos com 65 anos ou mais e imunossuprimidos com 18 anos ou mais, logo que os sintomas aparecerem e houver a confirma√ß√£o de teste positivo.

Subvariantes

De acordo com o ministério, a subvariante JN.1, inicialmente detectada no Ceará, vem ganhando proporção global e já corresponde a 3,2% dos registros em todo o mundo. Já a sublinhagem JG.3, também identificada no Ceará, está sendo monitorada em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Goiás.

‚ÄúO Minist√©rio da Sa√ļde segue alinhado com todas as evid√™ncias cient√≠ficas, com as recomenda√ß√Ķes da Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS) mais atualizadas para o enfrentamento da covid-19, incluindo o planejamento para vacina√ß√£o em 2024, que j√° est√° em andamento.‚ÄĚ

‚ÄúA pasta garante que o SUS [Sistema √önico de Sa√ļde] sempre ter√° dispon√≠vel as vacinas mais atualizadas, seguras e eficazes aprovadas pela Anvisa [Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria].‚ÄĚ

Edição: Valéria Aguiar