PUBLICIDADE

Alfieri Casalecchi

Alfieri Casalecchi: A did√°tica do ‚ÄėMaledetto Corona‚Äô

Ele √© quase invis√≠v¬≠el, mas a sua li√ß√£o √© evi¬≠dente e facil¬≠mente per¬≠cep¬≠t√≠v¬≠el. O ‚Äúmaledet¬≠to‚ÄĚ imp√īs as suas regras: pra¬≠tiquem o que j√° sabem, vivam sol¬≠i¬≠dari¬≠a¬≠mente ou fer¬≠ro voc√™s de uma vez por todas.

  1. ‚ÄúAmar a Deus‚Ķ‚ÄĚ
    N√£o saire¬≠mos des¬≠ta sem F√Č. Sem a religi√£o, sem a conex√£o com o ‚Äúdivi¬≠no‚ÄĚ, a depress√£o ocu¬≠pa os espa√ßos da nos¬≠sa mente nestes dias dif√≠¬≠ceis.
  2. ‚ÄúAmar ao pr√≥x¬≠i¬≠mo‚Ķ‚ÄĚ
    A práti­ca do bem-quer­er será o mel­hor lugar para se chegar depois des­ta lição. A solução é plur­al, é coletiva,e, se não for assim, não será solução.

  3. ‚ÄúHon¬≠rar a teus pais‚ÄĚ
    Pro¬≠te¬≠ger os nos¬≠sos idosos tem um sig¬≠nifi¬≠ca¬≠do moral de muito val¬≠or. Cuidar dos nos¬≠sos pais e m√£es nos enche de paz de esp√≠ri¬≠to e este ‚Äúfreio de arru¬≠ma√ß√£o‚ÄĚ, que os tem¬≠pos de Covid-19 pro¬≠por¬≠ciona, nos reconec¬≠ta com este sen¬≠ti¬≠men¬≠to.
  4. Egoís­mo
    Ou vencer­e­mos em con­jun­to ou falire­mos todos, mes­mo os que acharem que vence­r­am, solitários, perderão. Com­prar todo o álcool em gel da prateleira não te garante.

  5. Orgul­ho e sober­ba
    O virus √© arisco e democr√°ti¬≠co, n√£o faz dis¬≠tin√ß√£o, embar¬≠ca em qual¬≠quer um e est√° pron¬≠to para faz¬≠er o seu estra¬≠go, inde¬≠pen¬≠dente do taman¬≠ho da con¬≠ta cor¬≠rente do ‚Äúve√≠cu¬≠lo‚ÄĚ.

  6. Vaidade
    Sem plateia, sem claque, sem puxa-sacos de plan¬≠t√£o. √Č a mel¬≠hor hora pra gente desco¬≠brir o que real¬≠mente tem val¬≠or e focar naqui¬≠lo que te faz viv¬≠er mais inten¬≠sa¬≠mente.

  7. Lux√ļria e gula
    O novo nor­mal da escassez vai inibir os exces­sos. Não pre­cisamos de tan­to mes­mo.
  8. ‚ÄúChu¬≠pa‚ÄĚ avareza
    No seu, no meu, ‚Äúcon¬≠fort√°v¬≠el‚ÄĚ iso¬≠la¬≠men¬≠to social, o que faz¬≠er com tan¬≠ta tral¬≠ha sem ‚Äúval¬≠or‚ÄĚ pra voc√™ e faz fal¬≠ta a muitos. Resol¬≠va ago¬≠ra com a sua con¬≠sci√™n¬≠cia.

  9. Preguiça
    Sem o esforço, não há trans­for­mação. A dor da neces­si­dade é o remé­dio.

 

Este tex­to descreve uma sim­ples reflexão de mais um cidadão per­plexo em bus­ca de sen­ti­do. Não pos­sui nen­hum cun­ho reli­gioso. #maledet­to­di­da­ta

PUBLICIDADE