PUBLICIDADE

economia

Bolsa brasileira passa a funcionar em hor√°rio estendido a partir de 3 de novembro

A par­tir do dia 3 de novem­bro, a bol­sa brasileira vol­ta a oper­ar em horário esten­di­do, com o pregão reg­u­lar pas­san­do a ocor­rer das 10h até 18h, no horário de Brasília.

Ape­sar de o país não ter mais horário de verão, a alter­ação é fei­ta para que o mer­ca­do nacional se adeque ao tér­mi­no do horário de verão nos Esta­dos Unidos, já que pas­saria a haver uma difer­ença de uma hora entre o fechamen­to das bol­sas de Nova York e de São Paulo caso não hou­vesse esse ajuste.

Com este novo hor√°rio de fun¬≠ciona¬≠men¬≠to, a B3 tam¬≠b√©m deixa de ter o after mar¬≠ket, que atual¬≠mente ocorre entre 17h e 18h. Al√©m dis¬≠so, a bol¬≠sa infor¬≠mou nes¬≠ta ter√ßa-feira (13) que a nego¬≠ci¬≠a√ß√£o de con¬≠tratos futur¬≠os e de op√ß√Ķes tam¬≠b√©m sofr¬≠er√° alter¬≠a√ß√Ķes. Ago¬≠ra ess¬≠es ativos ser√£o nego¬≠ci¬≠a¬≠dos entre 9h e 18h25.

A Bol­sa não infor­mou até quan­do este horário de oper­ação será man­ti­do, mas é comum ele durar até o iní­cio do horário de verão nos EUA, que em 2021 está mar­ca­do para acon­te­cer em 14 de março.

PUBLICIDADE