PUBLICIDADE

Mercado

5G deve criar 50.000 empregos em 2022

Cerca de 50.000 postos de trabalho devem ser criados em 2022 pela chegada do 5G ao Brasil. É o que indica estimativa da Conexis, que reúne empresas de telecomunicação, e Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação). As informações são do jornal O Globo.

As empresas de telecomunicação e os fornecedores de equipamentos já investem em profissionais para instalação de cabos e antenas necessários para 5ª geração da telefonia móvel.

Além dos técnicos, o 5G abre um novo leque de possibilidades para especialistas em dados, inteligência artificial, impressão 3D e segurança da informação. As entidades estimam que, até 2025, o número de vagas ligadas ao 5G deve ultrapassar as 670 mil.