PUBLICIDADE

inovaçãoStartups

Programa Centelha repassa recursos para criação de empresas inovadoras

A Financiadora de Inova√ß√£o e Pesquisa (Finep) divulgou o resultado preliminar da sele√ß√£o de estados que participar√£o da primeira rodada do Programa Nacional de Apoio √† Gera√ß√£o de Empreendimentos Inovadores ‚Äď Programa Centelha. Ao todo, foram selecionados 20 estados e o Distrito Federal. O resultado final da sele√ß√£o ser√° divulgado no dia 3 de dezembro.

O Programa Centelha √© uma iniciativa do Minist√©rio da Ci√™ncia, Tecnologia, Inova√ß√Ķes e Comunica√ß√Ķes (MCTIC) para estimular a cria√ß√£o de empresas inovadoras em setores estrat√©gicos em todo o pa√≠s. O objetivo √© ampliar a quantidade de empreendimentos nos ambientes promotores da inova√ß√£o, incluindo incubadoras e aceleradoras de empresas, parques e polos cient√≠ficos e tecnol√≥gicos.

O programa ser√° executado de forma descentralizada pelos estados, com o apoio t√©cnico e financeiro do MCTIC e da Finep. No total, ser√£o repassados R$ 34,4 milh√Ķes em recursos de subven√ß√£o econ√īmica para as empresas, sendo R$ 21,5 milh√Ķes da Finep e R$ 12,9 milh√Ķes dos parceiros estaduais.¬† Em cada estado, ser√£o apoiadas 28 startups com recursos do governo federal. Estima-se que o programa incentive a gera√ß√£o de 600 novas startups em todo o pa√≠s.

Segundo o secret√°rio de Desenvolvimento Tecnol√≥gico e Inova√ß√£o do MCTIC, Maximiliano Martinh√£o, do total de recursos do programa, 71% ser√£o destinados para estados das regi√Ķes Norte (12%), Nordeste (40%) e Centro-Oeste (19%). “Isso favorece o desenvolvimento da cultura de inova√ß√£o em estados e localidades que ainda n√£o contam com um sistema de ci√™ncia e tecnologia bem instalado, contribuindo para a diminui√ß√£o das diferen√ßas regionais.

Como requisitos de participa√ß√£o, o Centelha exige que as empresas tenham faturamento anual bruto de at√© R$ 4,8 milh√Ķes. Al√©m disso, devem ter at√© 12 meses de cria√ß√£o ou podem ter sido criadas a partir do lan√ßamento do programa, ocorrido em junho deste ano.

Foto: Divulgação
PUBLICIDADE