PUBLICIDADE

brasil

O que fazer com os perfis nas redes sociais de pessoas que j√° morreram?

O Brasil se aproxima dos¬†590 mil mortos apenas pela covid-19. Se considerarmos que o v√≠rus atinge pessoas de todas as idades, g√™neros e classes sociais, fica f√°cil presumir que boa parte desses indiv√≠duos contava com¬†perfis nas redes sociais. H√° que se lembrar tamb√©m que h√° uma infinidade de outras causas de falecimento, o que faz com que esse ‚Äúcemit√©rio virtual‚ÄĚ cres√ßa a cada minuto.

O Metro World News entrou em contato com as principais plataformas ‚ÄstFacebook, Instagram e Twitter¬†‚Äď para entender quais as alternativas dispon√≠veis em caso de morte de seus usu√°rios. Confira:

Facebook

Existe a opção de tornar um perfil memorializado. Nesse caso, ele se transforma em um espaço onde amigos e familiares podem se reunir para compartilhar lembranças.

As contas transformadas em memorial n√£o podem ser mais acessadas e contam com algumas caracter√≠sticas, como a express√£o ‚ÄúEm mem√≥ria de‚ÄĚ exibida do lado do nome da pessoa. Dependendo das configura√ß√Ķes de privacidade da conta, os amigos poder√£o compartilhar lembran√ßas na linha do tempo.

Pixabay/Divulgação

Ap√≥s a memorializa√ß√£o, o conte√ļdo que a pessoa postou, como fotos ou publica√ß√Ķes, permanecer√° no Facebook e ficar√° vis√≠vel para o p√ļblico. Amigos poder√£o compartilhar lembran√ßas na nova aba de ‚ÄúTributos‚ÄĚ, que √© separada das publica√ß√Ķes feitas pela pessoa em vida.

Decis√£o em vida

O Facebook diz que n√£o fornece as informa√ß√Ķes de login da conta de terceiros, mesmo em caso de falecimento. Por isso, √© importante que o dono do perfil decida o que acontecer√° com a conta quando ele falecer, optando por um¬†contato herdeiro¬†ou solicitando que o¬†perfil seja deletado permanentemente¬†ap√≥s o falecimento. Para selecionar uma dessas op√ß√Ķes, basta entrar em ‚ÄúConfigura√ß√Ķes‚ÄĚ e ‚ÄúGerenciar conta‚ÄĚ.

O¬†contato herdeiro¬†ser√° o √ļnico que poder√° gerenciar uma conta transformada em memorial, podendo realizar a√ß√Ķes como:

‚óŹ fixar uma publica√ß√£o no perfil da pessoa;
‚óŹ responder √†s novas solicita√ß√Ķes de amizade;
‚óŹ alterar a imagem de perfil e a foto da capa;
‚óŹ definir por quanto tempo o perfil ficar√° no ar (pode permanecer por tempo indeterminado) e/ou solicitar que seja deletado.

√Č importante esclarecer que, ainda que algu√©m tenha sido designado como contato herdeiro, essa pessoa n√£o ter√° acesso √†s mensagens trocadas pelo dono do perfil. Al√©m disso, n√£o ser√° poss√≠vel publicar em nome da pessoa que faleceu.

Se o proprietário da conta não tiver selecionado um contato herdeiro, ela não poderá ser administrada por ninguém após a solicitação de transformação em memorial.

Além de pedir que um perfil seja memorializado, os familiares próximos reconhecidos podem solicitar que a conta seja removida via formulários online. No entanto, a plataforma reforça que o processo de transformação em memorial ou remoção do perfil é uma decisão importante, que deve ser feita apenas por parentes ou amigos próximos da pessoa que morreu.

Instagram

Assim como no Facebook, no Instagram também é possível transformar a conta de uma pessoa falecida em um memorial.

A rede ressalta que tenta evitar que as refer√™ncias √†s contas transformadas em memorial apare√ßam, de forma que possam incomodar os amigos ou familiares.¬†Elas n√£o poder√£o ser visualizadas em alguns locais, como no¬†‚ÄúExplorar‚ÄĚ.

Natanaelginting/Freepik/Divulgação

Outra op√ß√£o √© solicitar a¬†remo√ß√£o do perfil¬†por meio de documentos que comprovem a liga√ß√£o familiar direta.¬†A plataforma pede certid√Ķes de nascimento e √≥bito da pessoa falecida e comprova√ß√£o de autoridade de acordo com a legisla√ß√£o local de que o requerente √© o representante legal da pessoa falecida ou de seu esp√≥lio. Al√©m disso, √© necess√°rio o preenchimento de um¬†formul√°rio.

Twitter

Pixabay/Divulgação

No caso do Twitter, a √ļnica op√ß√£o √© que algu√©m autorizado pe√ßa a desativa√ß√£o da conta. Para isso, √© preciso preencher um¬†formul√°rio.

Depois de enviar solicita√ß√£o, a rede social enviar√° um e-mail com instru√ß√Ķes para o fornecimento de mais detalhes, incluindo informa√ß√Ķes sobre a pessoa falecida, uma c√≥pia de sua identidade e uma c√≥pia da certid√£o de √≥bito.

O Twitter informou, contudo, que está trabalhando para lançar as contas de memorial, o que inclui uma etapa de pesquisas para entender melhor as expectativas das pessoas em relação a este tipo de perfil.

*Por Marília Montich/Metro Jornal

PUBLICIDADE