PUBLICIDADE

7.0 - MANUALsa√ļde

O que é queloide? Saiba como lidar com a temida cicatriz

Os queloides s√£o um medo comum de qualquer pessoa que v√° colocar um piercing, fazer uma tatuagem ou uma cirurgia, principalmente se for est√©tica. Por√©m, poucos sabem lidar com a altera√ß√£o e acabam alegando que tem queloide, quando, na verdade, √© apenas uma cicatriz inest√©tica. ‚ÄúAp√≥s um trauma de pele, como cirurgias, acidentes ou at√© mesmo tatuagens e piercings, o organismo inicia o processo natural de cicatriza√ß√£o, onde produz col√°geno para reparar a parte lesionada. Por√©m, em algumas pessoas, ocorre uma produ√ß√£o exagerada de col√°geno que causa o crescimento excessivo do tecido da cicatriz, formando o queloide‚ÄĚ, explica a dermatologista Dra Val√©ria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Segundo a especialista, o queloide de verdade pode levar alguns meses para aparecer e apresenta grande espessura, endurecimento e vermelhid√£o, al√©m de coceiras e dor. Dependendo da localiza√ß√£o e de seu tamanho, essas cicatrizes tamb√©m podem gerar dificuldades f√≠sicas, j√° que ficam muito duras e acabam diminuindo a movimenta√ß√£o. ‚ÄúOs queloides s√£o mais frequentes na regi√£o do t√≥rax, ombros, pesco√ßo, orelhas e costas e raramente aparecem na face. Al√©m disso, podem variar de forma e tamanho. Por exemplo, no l√≥bulo da orelha o queloide aparece como uma massa grande e arredondada. J√° no peito ou nos ombros, o queloide espalha-se na pele, ficando com a apar√™ncia de l√≠quido derramado‚ÄĚ, destaca.

O aparecimento do queloide est√° muito ligado a quest√Ķes gen√©ticas, por isso, alguns grupos t√™m maior chances de desenvolve-lo do que outros. Por exemplo, pessoas com descend√™ncia africana, asi√°tica ou hisp√Ęnica tem maior propens√£o de sofrerem a altera√ß√£o, assim como pessoas que tem hist√≥rico de queloide na fam√≠lia. ‚ÄúCerca de 1/3 das pessoas que tem queloide possuem algum parente de sangue de primeiro grau que tamb√©m sofre com o problema. ¬†Al√©m disso, o queloide tende a se desenvolver mais em certas √©pocas da vida. Por exemplo, aos 20 anos os queloides s√£o mais propensos a aparecerem do que na terceira idade‚ÄĚ, afirma a dermatologista.

Os queloides podem e devem ser tratados, pois, al√©m da quest√£o est√©tica, o tratamento ajuda a resolver os sintomas de dor, coceira e os problemas com movimenta√ß√£o. ‚ÄúO tratamento mais comum s√£o inje√ß√Ķes de corticoide que agem diminuindo a capacidade de prolifera√ß√£o exagerada da matriz do col√°geno na regi√£o. Normalmente, s√£o aplicadas quatro inje√ß√Ķes com tr√™s semanas de intervalos entre elas. Esse procedimento j√° apresenta grande melhora, diminuindo cerca de 50 a 80% dos queloides‚ÄĚ, explica a Dra. Val√©ria.

Por√©m, o tratamento pode variar de acordo com o local, grau e tamanho do queloide. Por exemplo, o queloide que se forma no l√≥bulo da orelha √© removido cirurgicamente e depois s√£o aplicadas as inje√ß√Ķes de corticoide.¬† J√° queloides que surgem em cicatrizes de acne ou de pintas removidas podem ser retirados atrav√©s de lasers que atuam tanto no col√°geno quanto na parte vascular, clareando e amolecendo a cicatriz. ‚ÄúOutros tratamentos para a altera√ß√£o s√£o a radioterapia, usada para controlar a prolifera√ß√£o de col√°geno ap√≥s o queloide, e a crioterapia, onde aplica-se nitrog√™nio l√≠quido na cicatriz, levando ao congelamento do queloide‚ÄĚ, completa a dermatologista.

Após a remoção, é recomendado o uso de brincos de pressão para as orelhas ou folhas de silicone para do corpo, que devem ser aplicadas sobre a cicatriz durante 12 horas por cerca de 3 meses, para diminuir a vermelhidão da pele, a altura da cicatriz e evitar que o queloide se desenvolva novamente. Estudos mostram que 34% das cicatrizes elevadas apresentam algum achatamento após o uso desse silicone por no mínimo 6 meses.

Quanto a preven√ß√£o, de acordo com a Dra. Val√©ria, o mais importante √© a observa√ß√£o. Ap√≥s colocar um piercing na orelha, por exemplo, √© necess√°rio prestar aten√ß√£o naquela √°rea. Caso voc√™ note alguma altera√ß√£o como o espessamento ou o endurecimento da pele, o recomendado √© que se remova imediatamente o piercing e passe a utilizar os brincos de press√£o. ‚ÄúEm caso de cirurgia ou tatuagem, a observa√ß√£o tamb√©m √© fundamental. Al√©m disso, o uso de uma faixa de silicone e de fotoprotetor FPS 30 sobre a cicatriz ajuda a evitar a forma√ß√£o do queloide‚ÄĚ, recomenda. ‚ÄúSe voc√™ j√° souber que tem propens√£o a desenvolver queloide e for fazer uma cirurgia, avise o m√©dico. Assim ele poder√° mudar a t√©cnica cir√ļrgica, visando deixar a cicatriz sem tens√£o para evitar alguma altera√ß√£o na √°rea.‚ÄĚ

PUBLICIDADE