PUBLICIDADE

mundo

EUA anunciam retirada de 12 mil soldados da Alemanha

As For√ßas Armadas dos Esta¬≠dos Unidos (EUA) divul¬≠gar¬≠am nes¬≠sa quar¬≠ta-feira (29) planos para reti¬≠rar cer¬≠ca de 12 mil sol¬≠da¬≠dos da Ale¬≠man¬≠ha, em con¬≠se¬≠qu√™n¬≠cia da lon¬≠ga dis¬≠pu¬≠ta do pres¬≠i¬≠dente Don¬≠ald Trump com o pa√≠s europeu. Quase metade das tropas, no entan¬≠to, con¬≠tin¬≠uar√° na Europa dev¬≠i¬≠do √†s ten¬≠s√Ķes com a R√ļs¬≠sia.

Trump anun¬≠ciou, no m√™s pas¬≠sa¬≠do, a inten√ß√£o de cor¬≠tar em cer¬≠ca de um ter√ßo o con¬≠tin¬≠gente de 36 mil sol¬≠da¬≠dos norte-amer¬≠i¬≠canos na Ale¬≠man¬≠ha, acu¬≠san¬≠do o pa√≠s ali¬≠a¬≠do de n√£o cumprir a meta de gas¬≠tos em defe¬≠sa da Orga¬≠ni¬≠za¬≠√ß√£o do Trata¬≠do do Atl√Ęn¬≠ti¬≠co Norte (Otan) e de tirar van¬≠tagem dos Esta¬≠dos Unidos no com√©r¬≠cio.

‚ÄúN√£o quer¬≠e¬≠mos mais ser os ot√°rios‚ÄĚ, disse Trump a rep√≥rteres na Casa Bran¬≠ca, ao comen¬≠tar a decis√£o. ‚ÄúEsta¬≠mos reduzin¬≠do as for√ßas porque eles n√£o est√£o pagan¬≠do suas con¬≠tas, √© muito sim¬≠ples.‚ÄĚ

O secretário de Defe­sa norte-amer­i­cano, Mark Esper, não retra­tou a reti­ra­da de tropas nos mes­mos ter­mos, e disse que o plano será efe­t­u­a­do de for­ma a não atra­pal­har a Otan e seus esforços para deter avanços rus­sos, após a anex­ação da Crimeia por Moscou em 2014.

PUBLICIDADE