PUBLICIDADE

7.0 - MANUAL

Dicas para um 2017 mais feliz!

O momento √© de transi√ß√£o. O contexto √© de dualidade. H√° um sentimento no ar de que as coisas n√£o podem mais continuar do jeito que est√£o. √Č o t√©rmino de um ciclo, de uma era e a chegada de outra.

Se a cada final de ano fazemos a nossa retrospectiva e refletimos sobre as mudanças que desejamos em nós mesmos, ao final de 2016 faremos isto com muito mais profundidade.

Com a ajuda da psicoterapeuta transpessoal e mentora de qualidade de vida Valéria Cavallari, fizemos uma lista de coisas que irão, certamente, te ajudar.

1. PERDOE-SE

A primeira coisa a fazer antes de tentar uma mudan√ßa para melhor √© se perdoar. Sem o auto perd√£o, voc√™ vai continuar se culpando. Sentindo-se culpado, a tend√™ncia ser√° voc√™ querer se punir para se sentir melhor, ir√° ficar estagnado porque n√£o ir√° tentar novamente por medo de errar. Livrar-se das culpas tem fundamental import√Ęncia para que voc√™ possa ir em busca da sua felicidade. A culpa, contribui para a depress√£o, √© fator chave na procrastina√ß√£o. Ela impede voc√™ de seguir em frente.

Pratique o auto perdão, compreendendo que todas as suas escolhas ruins foram feitas dentro de um contexto da sua vida onde você fez o seu melhor de acordo com a sua consciência naquele momento. Compreenda, também, que quando você não se perdoa, está tentando ser uma pessoa perfeita, que não aceita errar, que não conhece seus próprios limites.

**DICA: Faça uma lista de todas as coisas que te fazem sentir culpa. Ao lado de cada uma delas, escreva a situação e as pessoas envolvidas. Lembre-se de qual era a sua intenção naquele momento. Escreva, também, o que está situação lhe trouxe de aprendizado. Fique num lugar tranquilo, faça um relaxamento através da sua respiração. Respire profundamente contando até 4 e solte o ar contando até 4, lentamente. Faça isto 3 vezes. Depois, imagine-se num lugar onde você se sinta muito bem. Imagine as pessoas que você sinta que precisa pedir perdão e comece por si mesmo. Peça perdão a si mesmo e aos outros e explique que as atitudes que tomou no passado foram feitas com base numa consciência que acreditava que o melhor a fazer era o que estava sendo feito, mas que agora, você aprendeu, e vai agir de acordo com este novo aprendizado. Faça este exercício quantas vezes sentir necessidade. Faça todos os dias! O importante, é se livrar da culpa, assumir a responsabilidade, aprender e se Perdoar, SEMPRE.

 2. PARE DE RECLAMAR E CONCENTRE-SE NAS COISAS BOAS

Isto vai al√©m de uma simples dica, √© uma verdadeira t√©cnica! Quando Will Bowen escreveu este livro “PARE DE RECLAMAR E CONCENTRE-SE NAS COISAS BOAS”, n√£o imaginava a repercuss√£o que teria no mundo todo com as pessoas relatando verdadeiras mudan√ßas em suas vidas.

A reclama√ß√£o faz de voc√™ uma pessoa irritada e chata, porque ningu√©m gosta de estar perto de pessoas que reclamam o tempo todo. Al√©m disto, faz voc√™ perder tempo, pois ao inv√©s de agir e buscar solu√ß√Ķes fica “gritando” e apontando o que esta errado sem nada fazer a respeito.

**DICA: tente ficar 21 dias seguidos sem reclamar de qualquer coisa e, principalmente, de si mesmo. Este per√≠odo, √© o necess√°rio para que voc√™ “desinstale” o h√°bito de reclamar e “instale” o h√°bito de buscar solu√ß√Ķes positivas para a sua vida. Voc√™ pode usar uma pulseira como ferramenta. Coloque no pulso uma pulseira el√°stica e, toda vez que se pegar reclamando mude a pulseira de pulso e recomece a contagem dos 21 dias. Voc√™ vai perceber que nos primeiros dias voc√™ ir√° mudar diversas vezes as pulseira de pulso. N√£o desista! Na verdade, isto ser√° muito bom para que voc√™ sinta o quanto sua mente sempre trabalha no p√≥lo negativo. Algumas pessoas levam dois meses para atingir a meta de Parar de Reclamar, mas a grande maioria leva mais. O tempo que voc√™ vai levar, n√£o importa. O que importa √© que voc√™ comece a ter consci√™ncia de si mesmo e assim, comece a sua transforma√ß√£o.

Exemplo de como usar a pulseira: voc√™ se pega pensando ” nossa! Estou gordo (a) demais!” – tire a pulseira e coloque-a em outro pulso e, imediatamente, pense algo positivo e verdadeiro em rela√ß√£o a esta quest√£o, como: ” N√£o estou com o corpo que gostaria, mas posso ficar! Cuidarei disto a partir de agora”.

Esta √© uma atitude que realmente trar√° muitos benef√≠cios para a sua sa√ļde geral. Pratique-a e veja os resultados.

 3. RECONHEÇA SUAS REAIS NECESSIDADES

Neste item, buscar solu√ß√Ķes imediatistas, prazerosas e passageiras para seus problemas, ang√ļstias e ansiedades, n√£o vai adiantar, bem como nunca adiantou. Para ter mudan√ßas reais, voc√™ deve atender √†s suas necessidades REAIS. Acontece, que n√£o √© t√£o f√°cil assim pra grande maioria das pessoas identificar essas necessidades. Isto acontece porque passamos boa parte de nossas vidas nos dedicando a atender √†s expectativas alheias que acabamos por nos distanciar das nossas.

**DICA: para saber quais as suas reais necessidades você vai precisar se conhecer com profundidade. Saiba que o que conhecemos de nós mesmos não chega a 5%. Temos uma incrível história em nosso inconsciente! Fazer isto sozinho vai ser bastante difícil para muitos. Portanto, a ferramenta aqui é um profissional capacitado para ajudá-lo a se reconhecer e perceber e sentir, verdadeiramente, quais são as coisas mais relevantes e importantes da sua vida e ir em buscas delas.

4. ENFRENTE SEUS MEDOS

√Č incr√≠vel, mas √© verdade. Aquilo que voc√™ mais teme sempre acontece! Muito se fala sobre a tal Lei da Atra√ß√£o, pois ela funciona bem quando se trata dos medos. Pensa em algu√©m que morre de medo de lagartixa. Pensou? Voc√™ j√° deve ter percebido que esta pessoa √© a primeira e √ļnica a encontrar lagartixas em todos os lugares. Isto acontece porque o foco dela est√° totalmente voltado para se proteger do seu medo que √© encontrar uma “perigosa” lagartixa.

Se √© assim com nossos medos, pode ser assim com aquilo que desejamos tamb√©m. Imagine se voc√™, ao inv√©s de viver com medo de assaltos, doen√ßas, falta de dinheiro, solid√£o, etc…

Vivesse acreditando que é uma pessoa protegida e segura, saudável, próspera, cheias de amigos, etc.

Os medos podem ser reais, quando se está realmente sob algum tipo de ameaça e perigo ou irreais, quando o que se sente tem mais a ver com aquilo que se passa pela cabeça, pensamentos pessimistas e negativos do que com a realidade em si.

**DICA: Faça uma relação de todos os seus medos sem esquecer nenhum. Do medo de barata até o medo de perder o emprego, passando pelo medo de voar. Após relacioná-los verifique, se puder, quais deles são realmente perigosos à sua integridade. Tente justificar os motivos de cada medo. Depois, encontre uma maneira de lidar ou solucionar cada um deles. Você pode solucioná-los sozinho ou com a ajuda de alguém.

O medo √©, sem d√ļvida, um dos maiores impeditivos do sucesso.

5. CUIDE-SE BEM

Ok, eu sei. Isto √© meio lugar comum. Dizer para voc√™ se cuidar bem √© chover no molhado. No entanto, estatisticamente a maioria das pessoas terminam o ano com v√°rios planos para cuidar melhor do corpo e da “cabe√ßa” e? Terminam o ano de novo sem cuidar-se. Antes que voc√™ comece a se crucificar, quero te dizer que CUIDAR-SE BEM depende de algo como ter uma AUTOESTIMA ELEVADA e √© justamente a√≠ que nos autossabotamos!

Uma pessoa de autoestima elevada possui: autoconhecimento, autoconfiança, autorespeito e amor próprio. Presume-se que a pessoa para conseguir se cuidar bem tem que estar muito mais consciente e feliz consigo mesma.

**DICA: Caminhe. √Č bom para o corpo, para a mente e n√£o custa nada. Caminhe, no m√≠nimo, 30 minutos por dia. Beba muita √°gua, limpa seu organismo e tamb√©m n√£o te leva a maiores preju√≠zos. Fa√ßa algo que goste, mas que possa come√ßar e terminar, ou seja, que lhe proporcione o sentimento de realiza√ß√£o. (cozinhar, costurar, plantar, pintar, construir). Mantenha rela√ß√Ķes de amizades que te fa√ßam sentir-se bem.

¬†6. N√ÉO SE COMPARE A NINGU√ČM

Você pode admirar alguém e até se espelhar nele. Contudo, viver se comparando aos outros abaixa sua autoestima e não o deixa perceber e sentir o seu próprio potencial, talento, dom.

**DICA: Faça uma relação de todas as pessoas que você se compara e admira. Anote ao lado de cada uma, o motivo que o leva a se comparar. Analise, friamente, se realmente o que você julga que esta pessoa tem é algo impossível para você. Agora, ao lado de cada nome, imagine o que possa haver de ruim na vida destas pessoas. Pense no cotidiano delas. Pense em todas as responsabilidades, medos, inseguranças, dificuldades que possam ter. Tente ser o mais realista possível. A ideia é que você consiga desmitificar as pessoas e compreenda que somos todos iguais. Cada um com a sua especificidade.

 7. SEJA GRATO

Pessoas gratas reconhecem o seu valor e o valor da vida. Se quiser que realmente sua vida seja diferente, passe a agradecer por todas as coisas da sua vida. Imagine o quanto você seria infeliz sem elas! Temos uma tendência a colocar foco nas coisas que não temos e ignoramos as que temos como se elas nunca fossem desaparecer.

**DICA: Olhe-se todos os dias de manhã e antes de mais nada, perceba o quanto ainda tem para poder seguir a vida e agradeça por tudo. Crie este hábito!

 8. ABENÇOE SUA VIDA

Abençoar sua vida, significa conceder benção e proteção, desejando o bem. O poder está em tuas mãos de abençoar tua própria vida. De nada adianta, alguém lhe conceder uma benção se, você mesmo, não se dá o direito de ser merecedor. Portanto, abençoe sua vida, desde a sua alimentação até suas vestes, sua casa, trabalho, parentes e amigos. Seja você um ser abençoado e que abençoa.

**DICA: D√™ gra√ßas a tudo, o tempo todo: antes de uma refei√ß√£o, um novo dia ao acordar, ao dia vivido antes de dormir… e assim, agrade√ßa a tudo.

 9. FALE MENOS E OBSERVE MAIS

Pessoas verborrágicas, que se utilizam de muitas palavras para dizer coisas insignificantes, tornam-se irritantes e afastam os outros de si. Compreenda que se você sente muita necessidade de falar, também tem que estar disposto a ouvir. No entanto, pessoas que falam demais, não prestam atenção no que os outros dizem. Obviamente, se tornará uma pessoa desinteressante. Para qualquer situação de relacionamento (afetivo amoroso, profissional, amizade, etc), deve haver uma troca onde todas as partes envolvidas, sentem-se interessadas e interessantes. Ficar calado demais, também não é ideal.

**DICA: Mostre interesse pelo outro e seja interessante sem ser cansativo.

 10. LUTE POR UMA CAUSA SOCIAL

A nova Era ser√° sem d√ļvida, a Era da coletividade. Isto significa perceber que fazemos parte de uma rede, onde somos todos um. Um conceito dif√≠cil ainda para os dias de hoje, de tanta individualidade e competi√ß√£o, mas o futuro espera mais de n√≥s. Temos que cuidar deste Planeta e dos Seres que nele habita, inclusive, n√≥s mesmos. Uma nova consci√™ncia nos chega para mostrar que de nada adianta a sua casa limpa e milh√Ķes de pessoas sem casa ou sem saneamento. O risco ser√° para todos. Temos que perceber a grande ignor√Ęncia que √© a pobreza, j√° que o Planeta tem recursos para todos. Para al√©m de tudo isto, trabalhar por uma causa social nos traz realiza√ß√£o pessoal. Sentimos que estamos no cumprimento de nossa miss√£o. D√° grande valor √†s nossas vidas!

**DICA: Engaje-se em um projeto social, ONG, uma obra de caridade ou qualquer iniciativa que precise do seu tempo, aten√ß√£o, donativo material ‚Äď colabore da maneira que puder.

Ent√£o, a verdade √© que ‚Äėn√£o existe receita pronta para a felicidade‚Äô, mas √© poss√≠vel ter uma vida boa e come√ßar a se dar bem a partir de 2017.

N√£o espere o ano novo chegar ‚Äď comece j√° e eu garanto um 2017 incr√≠vel, iluminado e pr√≥spero!

Foto: Reprodução

PUBLICIDADE