2.0 // dossiê2.6 // mundo

Resgate de doze meninos e seu técnico de futebol é bem-sucedido na Tailândia

Doze meninos e seu técnico de futebol foram resgatados da caverna Tham Luang, na Tailândia, e passam bem. A operação desta terça-feira (10) foi a mais difícil de ser realizada, porque o número de pessoas a serem resgatadas era maior do que em outras oportunidades e chovia.

Em duas operações dos socorristas, oito crianças já haviam sido resgatadas entre domingo (08) e segunda-feira (09) e agora estão internadas em um hospital de Chiang Rai, a cerca de 70 km da caverna.

O último a ser resgatado, como era de se esperar, foi o técnico da equipe “Javalis Selvagens”, Ekkapol Chantawong, de 25 anos.

Ao sair de Tham Luang, os resgatados passam por um hospital improvisado montado na saída da caverna e depois são transferidos de ambulância para um helicóptero, que os leva até o hospital na província de Chiang Rai.

Mais de 1000 pessoas fizeram parte das equipes nas operações de resgates. Uma equipe de 90 mergulhadores foi mobilizada, sendo 50 estrangeiros e 40 tailandeses.

Os meninos entraram na caverna há duas semanas e acabaram ficando presos, sem mantimentos. Embora, o estado de saúde seja bom, os garotos ainda estão fracos e, por recomendações médicas, não poderão viajar à Rússia para assistirem à final da Copa do Mundo, convite feito pelo presidente da FIFA, Gianni Infantino.

 

Foto: Royal Thai Navy via AP

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista