PUBLICIDADE

economia

Lojistas preveem queda de até 40% nas vendas de Dia dos Namorados

As ven¬≠das do Dia dos Namora¬≠dos, comem¬≠o¬≠ra¬≠do na pr√≥x¬≠i¬≠ma sex¬≠ta-feira (12), devem ter uma que¬≠da de 40% em com¬≠para¬≠√ß√£o ao resul¬≠ta¬≠do do ano pas¬≠sa¬≠do nas pre¬≠vis√Ķes de 60% dos donos de lojas do esta¬≠do de S√£o Paulo. Esse √© o resul¬≠ta¬≠do da pesquisa fei¬≠ta pela Fed¬≠er¬≠a√ß√£o das C√Ęmaras de Diri¬≠gentes Lojis¬≠tas do Esta¬≠do de S√£o Paulo para esti¬≠mar o impacto da pan¬≠demia de coro¬≠n¬≠av√≠rus na ter¬≠ceira data mais impor¬≠tante para o vare¬≠jo.

Menos pes­simis­tas, os out­ros 40% dos donos de lojas acred­i­tam que as ven­das dev­erão cair 20% em relação a 2019. Os setores que os lojis­tas avaliam que têm mais chances de man­ter o fat­u­ra­men­to são o ves­tuário, a per­fumaria e os choco­lates.

Em abril, a Serasa Exper¬≠ian apon¬≠tou para uma que¬≠da de 31,8% nas ven¬≠das do vare¬≠jo em com¬≠para¬≠√ß√£o com o mes¬≠mo m√™s do ano pas¬≠sa¬≠do. No acu¬≠mu¬≠la¬≠do dos qua¬≠tro primeiros meses do ano, a ativi¬≠dade do vare¬≠jo apre¬≠sen¬≠ta, segun¬≠do o lev¬≠an¬≠ta¬≠men¬≠to da con¬≠sul¬≠to¬≠ria, uma retra√ß√£o de 10,1% em rela√ß√£o ao per√≠o¬≠do de janeiro a abril de 2019.

Edição: Lílian Beraldo/Agência Brasil

PUBLICIDADE