PUBLICIDADE

mundo

Sa√≠da de Bolton pode trazer flexibilidade para negocia√ß√Ķes nucleares

A sa√≠da do conselheiro de seguran√ßa nacional dos EUA Hawkish John Bolton pode trazer flexibilidade √†s pr√≥ximas negocia√ß√Ķes nucleares com a Coreia do Norte, mas pode minar os esfor√ßos para alcan√ßar a desnucleariza√ß√£o completa do regime, disseram analistas nesta quarta-feira (11).

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou em um tu√≠te surpresa ter√ßa-feira (10) que demitiu o conselheiro conservador e que nomear√° um substituto na pr√≥xima semana. Ele citou fortes discord√Ęncias com muitas das sugest√Ķes de pol√≠tica externa de Bolton.

A remo√ß√£o de Bolton ocorreu no momento em que os Estados Unidos e a Coreia do Norte se preparam para retomar suas negocia√ß√Ķes nucleares, no final deste m√™s, ap√≥s um per√≠odo de tens√Ķes causadas pelas rea√ß√Ķes iradas de Pyongyang ao exerc√≠cio militar do m√™s passado entre Seul e Washington.

√Č prov√°vel que a Coreia do Norte d√™ as boas-vindas √†s not√≠cias da partida de Bolton, j√° que h√° muito tempo ele √© alvo de s√©rias discord√Ęncias devido √† sua defesa anterior de um ataque preventivo contra o regime norte-coreano e √† sua vis√£o intransigente sobre como desnuclearizar o pa√≠s.

“O momento pode ser conveniente para a diplomacia dos EUA com a Coreia do Norte”, disse Leif-Eric Easley, professor associado de estudos internacionais da Universidade Ewha Womans.

“(O l√≠der norte-coreano) Kim Jong-un pode transformar essa troca na c√ļpula de Washington como uma vit√≥ria na pol√≠tica dom√©stica norte-coreana. Isso aumentaria a probabilidade de as negocia√ß√Ķes de desnucleariza√ß√£o recome√ßarem em breve”, acrescentou.

No entanto, a aus√™ncia de profissional de seguran√ßa n√£o pol√≠tico alimentou preocupa√ß√Ķes de que a pol√≠tica externa de Trump pudesse ser impulsionada mais por considera√ß√Ķes pol√≠ticas, particularmente antes de sua batalha pela reelei√ß√£o.

“Agora, Bolton, que √© versado na quest√£o da desnucleariza√ß√£o e n√£o √© pol√≠tico, foi removido, o que significa que pol√≠ticos como Trump e o secret√°rio de Estado Mike Pompeo podem liderar o manejo do dilema nuclear da Coreia do Norte”, disse Park Won-gon, professor de pol√≠tica internacional da Universidade Global Handong.

“Portanto, as chances s√£o de que os pol√≠ticos possam priorizar interesses pol√≠ticos, principalmente quando a √©poca das elei√ß√Ķes se aproxima”, acrescentou.

Bolton assumiu o posto de seguran√ßa na Casa Branca em abril do ano passado, sucedendo a H.R. McMaster. Posteriormente, ele manteve sua posi√ß√£o de linha dura em rela√ß√£o aos norte-coreanos, insistindo que n√£o haveria al√≠vio de san√ß√Ķes at√© que Pyongyang d√™ passos amplos e verific√°veis ‚Äč‚Äčde desnucleariza√ß√£o.

A Coreia do Norte se revoltou com as posi√ß√Ķes de Bolton, denunciando-o como “um conselheiro destruidor de seguran√ßa”, “defensor da guerra”, “sujeito estruturalmente defeituoso” e “defeituoso humano”.

Assim, o disparo de Trump em Bolton poderia ajudar a aliviar as tens√Ķes com Pyongyang, √† medida em que os pol√≠ticos se preparam para o que seria mais um cabo de guerra desgastante nas etapas de “negocia√ß√Ķes sobre desnucleariza√ß√£o entre a Coreia do Norte e os EUA ”, dizem assessores.

Mas h√° preocupa√ß√Ķes de que uma equipe de pol√≠tica externa dos EUA desprovida de uma figura rica em princ√≠pios possa se contentar com um compromisso pol√≠tico aqu√©m do objetivo t√£o alardeado de Washington de “desnucleariza√ß√£o final e totalmente verific√°vel” da Coreia do Norte.

Pompeo negou a opinião de que a saída de Bolton poderia levar a uma mudança de política.

“Eu n√£o acho que nenhum l√≠der ao redor do mundo suponha que, porque um de n√≥s se afaste da pol√≠tica externa do presidente Trump, mude de maneira material”, disse Pompeo em uma reuni√£o de imprensa na Casa Branca.

A demiss√£o abrupta de Bolton ocorreu um dia depois de o vice-ministro das Rela√ß√Ķes Exteriores da Cor√©ia do Norte, Choe Son-hui, ter dito que Pyongyang est√° disposta a manter conversa√ß√Ķes em n√≠vel de trabalho com Washington ainda este m√™s.

O Conselho de Seguran√ßa Nacional da Coreia do Sul (NSC) realizou uma reuni√£o regular hoje, durante a qual tomou nota do an√ļncio da Coreia do Norte de que pode conversar com os EUA.

Em um comunicado, o NSC disse que continuar√° a realizar esfor√ßos diplom√°ticos para atingir a meta de desnucleariza√ß√£o completa da Pen√≠nsula Coreana o mais r√°pido poss√≠vel por meio de negocia√ß√Ķes.