PUBLICIDADE

economia

Prévia da inflação oficial é de 0,69% em junho

O √ćndice Nacional de Pre√ßos ao Consumidor Amplo ‚Äď 15 (IPCA-15), que mede a pr√©via da infla√ß√£o oficial, teve alta de pre√ßos de 0,69% em junho deste ano. O percentual √© maior que o de maio (0,59%), mas menor que o de junho de 2021 (0,83%). A pesquisa foi divulgada hoje (24), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estat√≠stica (IBGE).

Com o resultado, o IPCA-15 acumula 5,65% no ano e  3,04% no trimestre. O IPCA-15 trimestral também é chamado de IPCA-E.

No acumulado de 12 meses, o IPCA-15 é de 12,04%, abaixo dos 12,20% acumulados na prévia de maio.

Na pr√©via de junho, todos os grupos de despesas tiveram infla√ß√£o, com destaque para os transportes (0,84%) e sa√ļde e cuidados pessoais (1,27%). Tamb√©m se destacaram os grupos habita√ß√£o (0,66%) e vestu√°rio (1,77%).

Planos de sa√ļde

Um dos principais respons√°veis pela infla√ß√£o na pr√©via de junho foi o reajuste de 15,50% dos planos de sa√ļde, autorizado pela Ag√™ncia Nacional de Sa√ļde Suplementar (ANS) em 26 de maio.

Entre os transportes, os principais responsáveis pela alta de preços foram itens como óleo diesel (2,83%),  passagens aéreas (11,36%) e seguro voluntário de veículos (4,30%). Ao mesmo tempo, houve quedas nos preços do etanol (-4,41%) e da gasolina (-0,27%).

Na habitação, houve altas nos custos da água e esgoto (4,29%) e no gás encanado (2,04%).

Os alimentos tiveram redução no ritmo de aumento de preços de maio para junho, ao passar de uma taxa de 1,52% na prévia de maio para 0,25% em junho. O comportamento foi influenciado pelos alimentos para consumo no domicílio, que saíram de uma inflação de 1,71% no mês anterior para 0,08% na prévia de junho.

O leite longa vida, que havia subido 7,99% na prévia anterior, registrou 3,45% em junho. Também foram observadas quedas de preços em produtos como cenoura (-27,52%), tomate (-12,76%),

Edição: Kleber Sampaio