PUBLICIDADE

economia

OCDE melhora perspectiva para economia mundial e para o Brasil em 2020

A economia global parece estar se recuperando do baque provocado pelo novo coronav√≠rus mais r√°pido do que se imaginava h√° apenas alguns meses gra√ßas √† melhora nas perspectivas para a China e os Estados Unidos, disse a Organiza√ß√£o para a Coopera√ß√£o e Desenvolvimento Econ√īmico (OCDE) nesta quarta-feira (16).¬†

Para a organiza√ß√£o¬† tamb√©m melhorou a perspectiva para o Brasil em 2020, de acordo com suas novas proje√ß√Ķes.

A economia mundial está a caminho de contrair 4,5% este ano, disse a OCDE. A estimativa, sem precedentes na história recente, representa uma melhora ante a queda de 6% projetada em junho.

Desde que seja evitado que o vírus se dissemine sem controle, a economia global voltará a crescer no próximo ano com uma expansão de 5%, ante previsão em junho de alta de 5,2%, de acordo com a OCDE.

Entretanto, uma retomada mais forte do vírus ou medidas mais rigorosas para contê-lo podem cortar 2 a 3 pontos percentuais da projeção para 2021, alertou a OCDE.

A organiza√ß√£o explicou que fez suas estimativas sob o pressuposto de que surtos locais continuar√£o e haver√° a√ß√Ķes locais em vez de paralisa√ß√Ķes nacionais. Elas tamb√©m assumem que uma vacina n√£o estar√° amplamente dispon√≠vel at√© o final do pr√≥ximo ano.

A OCDE disse que as a√ß√Ķes de governos e bancos centrais para sustentar as rendas de fam√≠lias e empresas ajudaram a evitar contra√ß√Ķes piores e devem portanto ser mantidas.

A perspectiva melhor para este ano mascara grandes diferen√ßas entre as principais economias, com os Estados Unidos, China e Europa devendo ter desempenho melhor do que o esperado enquanto √ćndia, M√©xico e √Āfrica do Sul podem se sair pior enquanto lutam para conter o v√≠rus.

Tendo sido o primeiro pa√≠s a experimentar o surto e depois de agir rapidamente para controlar a dissemina√ß√£o, a China deve ser o √ļnico pa√≠s do G20 de pot√™ncias econ√īmicas a registrar crescimento este ano, com alta de 1,8%, contra proje√ß√£o em junho de contra√ß√£o de 2,6%.

Por sua vez, a economia dos EUA, maior do mundo, também deve ter desempenho melhor este ano com contração de 3,8%, contra queda de 7,3% projetada anteriormente.

Para o Brasil, a OCDE projetou contração de 6,5% em 2020, 0,9 ponto percentual a mais do que na estimativa de junho, prevendo que o país crescerá 3,6% em 2021, uma piora de 0,6 ponto.

PUBLICIDADE