PUBLICIDADE

brasil

Minist√©rio P√ļblico do RJ cumpre mandados de pris√£o por desvio de verba destinada √† compra de respiradores da Covid-19

O Min¬≠ist√©rio P√ļbli¬≠co do Esta¬≠do do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atu¬≠a√ß√£o Espe¬≠cial¬≠iza¬≠da no Com¬≠bate √† Cor¬≠rup√ß√£o (GAECC/MPRJ), e o Min¬≠ist√©rio P√ļbli¬≠co do Dis¬≠tri¬≠to Fed¬≠er¬≠al e Ter¬≠rit√≥rios (MPDFT), por meio do GAECO/MPDFT, cumprem, nes¬≠ta quar¬≠ta-feira (17), mais uma eta¬≠pa da Oper¬≠a√ß√£o Mer¬≠cadores do Caos.

Ini¬≠ci¬≠a¬≠da no in√≠¬≠cio de maio esta Oper¬≠a√ß√£o bus¬≠ca com¬≠bat¬≠er a orga¬≠ni¬≠za¬≠√ß√£o crim¬≠i¬≠nosa que desvi¬≠ou mais de R$ 18 mil¬≠h√Ķes do er√°rio estad¬≠ual do Rio de Janeiro, des¬≠ti¬≠na¬≠dos √† com¬≠pra de apar¬≠el¬≠hos ventiladores/respiradores pul¬≠monares para trata¬≠men¬≠to de pacientes em esta¬≠do grave por¬≠ta¬≠dores de Covid-19.

Pas¬≠sa¬≠dos dois meses da data pre¬≠vista para a chega¬≠da dos equipa¬≠men¬≠tos, nen¬≠hum res¬≠pi¬≠rador foi entregue pelas empre¬≠sas e nem o din¬≠heiro foi devolvi¬≠do aos cofres p√ļbli¬≠cos, segun¬≠do o Min¬≠ist√©rio P√ļbli¬≠co. Segun¬≠do as inves¬≠ti¬≠ga√ß√Ķes, os res¬≠pi¬≠radores foram com¬≠pra¬≠dos de for¬≠ma emer¬≠gen¬≠cial, sem lic¬≠i¬≠ta√ß√£o.

São cumpri­dos dois man­da­dos de prisão pre­ven­ti­va no Rio de Janeiro e out­ros nove man­da­dos de bus­ca e apreen­são no Rio (4) e em Brasília (5), expe­di­dos pelo Juí­zo da 1ª Vara Crim­i­nal Espe­cial­iza­da da Cap­i­tal (Rio de Janeiro).

A a√ß√£o con¬≠ta com o apoio do Grupo de Atu¬≠a√ß√£o Espe¬≠cial¬≠iza¬≠da no Com¬≠bate √† Sone¬≠ga√ß√£o Fis¬≠cal e aos Il√≠c¬≠i¬≠tos con¬≠tra a Ordem Trib¬≠ut√°ria (GAESF/MPRJ); da Coor¬≠de¬≠nado¬≠ria de Segu¬≠ran√ßa e Intelig√™n¬≠cia (CSI/MPRJ); do Cen¬≠tro de Intelig√™n¬≠cia do MPDFT; da Pol√≠¬≠cia Civ¬≠il do Rio de Janeiro, por meio do Depar¬≠ta¬≠men¬≠to Ger¬≠al de Pol√≠¬≠cia Espe¬≠cial¬≠iza¬≠da; e da Pol√≠¬≠cia Civ¬≠il do Dis¬≠tri¬≠to Fed¬≠er¬≠al, atrav√©s da Coor¬≠de¬≠na√ß√£o Espe¬≠cial de Com¬≠bate √† Cor¬≠rup√ß√£o e ao Crime Orga¬≠ni¬≠za¬≠do  (CECOR).

PUBLICIDADE