PUBLICIDADE

mundo

Menino de 12 anos descobre esqueleto raro de dinossauro no Canad√°

Com ape¬≠nas 12 anos de idade, Nathan Hrushkin pas¬≠sou por uma exper¬≠i√™n¬≠cia que muitos n√£o ter√£o na vida: encon¬≠trou um f√≥s¬≠sil de dinos¬≠sauro de 69 mil¬≠h√Ķes anos.

Ele esta­va passe­an­do em um par­que na provín­cia de Alber­ta, no Canadá, quan­do viu ossos próx­i­mos a uma pedra. Isto acon­te­ceu em jul­ho mas a escav­ação com­ple­ta dos fós­seis foi final­iza­da nes­ta sem­ana.

O meni¬≠no diz que, quan¬≠do avis¬≠tou o mate¬≠r¬≠i¬≠al pela primeira vez, ficou ‚Äúlit¬≠eral¬≠mente sem palavras‚ÄĚ. ‚ÄúEu n√£o cheguei nem a ficar ani¬≠ma¬≠do, ape¬≠sar de saber que eu dev¬≠e¬≠ria ter fica¬≠do‚ÄĚ, con¬≠tou √† BBC.

‚ÄúFiquei em choque.‚ÄĚ Nathan, que se inter¬≠es¬≠sa por dinos¬≠sauros des¬≠de os seis anos de idade, fre¬≠quente¬≠mente faz cam¬≠in¬≠hadas com o pai na unidade de con¬≠ser¬≠va√ß√£o de Alber¬≠ta Bad¬≠lands. ‚ÄúSem¬≠pre fui fasci¬≠na¬≠do pelo fato de que os ossos deles, semel¬≠hantes aos nos¬≠sos, se tor¬≠nam algo como uma rocha s√≥l¬≠i¬≠da.‚ÄĚ O pai, Dion Hrushkin, con¬≠ta que de fato os itens pare¬≠ci¬≠am ‚Äúossos feitos de pedra‚ÄĚ. ‚ÄúPare¬≠cia o final de um f√™mur, sain¬≠do dire¬≠ta¬≠mente do solo‚ÄĚ, lem¬≠bra Dion.

Fós­seis descober­tos por Nathan per­ten­ci­am a um hadrossauro

Nathan já sabia que fós­seis eram pro­te­gi­dos por lei, então quan­do ele e o pai voltaram para casa, procu­raram o Museu Real Tyrrell, em Alber­ta, que se ded­i­ca ao estu­do de itens pré-históri­c­as. A insti­tu­ição pediu que eles envi­assem fotos e coor­de­nadas de GPS do acha­do.

O par­que de Bad­lands abri­ga muitos fós­seis, e dinos­sauro, bati­za­do alber­tossauro, foi descober­to ali pelo explo­rador canadense Joseph Tyrell no final do sécu­lo 19.

Mas a parte em que pai e fil¬≠ho cam¬≠in¬≠havam n√£o era con¬≠heci¬≠da por ter tan¬≠tos f√≥s¬≠seis, ent√£o o museu envi¬≠ou uma equipe para explor√°-la. At√© ago¬≠ra, eles encon¬≠traram entre 30 e 50 ossos na parede de um c√Ęnion, todos per¬≠ten¬≠centes a um jovem hadrossauro, com idade esti¬≠ma¬≠da de tr√™s ou qua¬≠tro anos. ‚ÄúEu provavel¬≠mente era como a maio¬≠r¬≠ia das cri¬≠an√ßas, ten¬≠do o Tyran¬≠nosaurus rex como tipo favorito‚ÄĚ, diz Nathan. ‚ÄúMas depois da min¬≠ha descober¬≠ta, pre¬≠firo defin¬≠i¬≠ti¬≠va¬≠mente o hadrossauro.‚ÄĚ

O con¬≠jun¬≠to encon¬≠tra¬≠do √© cien¬≠tifi¬≠ca¬≠mente sig¬≠ni¬≠fica¬≠ti¬≠vo, diz o museu, porque tem cer¬≠ca de 69 mil¬≠h√Ķes de anos ‚ÄĒ e reg¬≠istros desse per√≠o¬≠do s√£o raros. ‚ÄúEste jovem hadrossauro √© uma descober¬≠ta muito impor¬≠tante porque vem de um per√≠o¬≠do sobre o qual sabe¬≠mos muito pouco em rela√ß√£o aos dinos¬≠sauros ou ani¬≠mais que vivi¬≠am em Alber¬≠ta. O acha¬≠do de Nathan e Dion nos aju¬≠dar√° a preencher essa grande lacu¬≠na em nos¬≠so con¬≠hec¬≠i¬≠men¬≠to da evolu√ß√£o dos dinos¬≠sauros‚ÄĚ, disse o curador da pale¬≠oe¬≠colo¬≠gia do museu, Fran√ßois Ther¬≠rien, em um comu¬≠ni¬≠ca¬≠do.

Nathan diz que gos¬≠tou de apren¬≠der mais sobre como datar ossos de dinos¬≠sauros e que todo o proces¬≠so foi ‚Äúsur¬≠re¬≠al‚ÄĚ. Vai ser √≥ti¬≠mo ver, depois de meses de tra¬≠bal¬≠ho, algo final¬≠mente sair do ch√£o‚ÄĚ, afir¬≠mou o meni¬≠no.

*Com infor¬≠ma√ß√Ķes da BBC / Cr√©di¬≠to: NATURE CONSERVANCY OF CANADA

PUBLICIDADE