PUBLICIDADE

mundo

França: nova onda de Covid-19 pode ter controle mais difícil

A dis­sem­i­nação do novo coro­n­avírus nova­mente pela França pode se tornar mais difí­cil de ser con­tro­la­da caso não haja um esforço cole­ti­vo para con­ter o aumen­to recente na taxa de con­t­a­m­i­nação no país, disse o primeiro-min­istro francês, Jean Cas­tex.

Ele aler¬≠tou que o povo est√° se des¬≠cuidan¬≠do em rela√ß√£o √† doen√ßa, em declar¬≠a√ß√Ķes feitas pouco antes de autori¬≠dades de sa√ļde anun¬≠cia¬≠rem uma alta di√°ria de 1.397 no n√ļmero de casos de Covid-19 no pa√≠s, quase o dobro da con¬≠tagem de segun¬≠da-feira, o que ele¬≠va o total de infec√ß√Ķes na Fran√ßa a 204.172.

‚ÄúSe n√£o agir¬≠mos cole¬≠ti¬≠va¬≠mente, vamos nos expor ao risco ele¬≠va¬≠do de que a nova onda da epi¬≠demia se torne dif√≠¬≠cil de ser con¬≠tro¬≠la¬≠da‚ÄĚ, disse Cas¬≠tex durante visi¬≠ta a um hos¬≠pi¬≠tal no Sul da Fran√ßa.

Tam¬≠b√©m nes¬≠sa ter√ßa-feira, o pres¬≠i¬≠dente franc√™s, Emmanuel Macron, disse, em uma video¬≠con¬≠fer¬≠√™n¬≠cia com min¬≠istros, que a Fran√ßa vai ado¬≠tar novas restri√ß√Ķes para as 20 maiores cidades do pa√≠s, visan¬≠do a  con¬≠ter a taxa de infec√ß√Ķes, e pror¬≠rog¬≠ar at√© 31 de out¬≠ubro a proibi√ß√£o a even¬≠tos com mais de 5 mil pes¬≠soas.

Sobre o risco de um novo lock¬≠down no pa√≠s, Cas¬≠tex afir¬≠mou que ‚Äúningu√©m quer pas¬≠sar por isso nova¬≠mente‚ÄĚ.

O primeiro-min¬≠istro acres¬≠cen¬≠tou que a testagem tem sido ‚Äúmais do que sat¬≠is¬≠fat√≥ria‚ÄĚ, com mais de 600 mil exam¬≠es con¬≠duzi¬≠dos por sem¬≠ana, mas que ain¬≠da √© pos¬≠s√≠v¬≠el tes¬≠tar mais pes¬≠soas com sin¬≠tomas.

PUBLICIDADE