PUBLICIDADE

investimentos

Fortuna de Eduardo Saverin cresce em US$ 1,2 bilhão em 24 horas

Poucas coisas costumam acontecer no mercado financeiro entre a sexta e a segunda-feira, mas para Eduardo Saverin, estimado pela Forbes como o brasileiro mais rico do mundo, o período foi suficiente para que seu patrimônio aumentasse em US$ 1,2 bilhão. Passando de US$ 19,3 bilhões no fechamento de sexta-feira, para US$ 20,5 bilhões na noite de ontem (26).

Mas esse não é o único negócio do brasileiro, outra parte do seu patrimônio está vinculado à B Capital, empresa de venture capital criada ao lado de Raj Ganguly, economista não listado no ranking da Forbes. A B Capital investe em empresas de tecnologia em estágio avançado por meio de uma Spac nos Estados Unidos.

Saverin está na lista de brasileiros que mais ganharam dinheiro em 2021. Em março, por exemplo, sua fortuna era avaliada em US$ 14,6 bilhões. Até o momento, o ganho já foi de 40%, com base nos dados do fechamento de ontem (26).

O empresário de 39 anos ultrapassou no início deste mês Jorge Lemann, fundador da AmBev, e conquistou o 1° lugar entre os brasileiros mais ricos do mundo. Na lista global, Saverin ocupa a 89ª posição e é também o único brasileiro listado entre o top 100 da Forbes. Nascido em São Paulo e criado nos Estados Unidos, Saverin mora em Singapura, onde ocupa a 4ª posição no ranking de pessoas mais ricas do país.

PUBLICIDADE