PUBLICIDADE

1.0 - RADARmundo

EUA volta a ameaçar o céu coreano por meio de simulação de bombardeios

Dois bombardeiros estratégicos B-1B americanos realizaram manobras na península coreana, em uma nova demonstração de força dos Estados Unidos diante da Coreia do Norte, informou o Ministério da Defesa da Coreia do Sul.

Os bombardeiros realizaram simula√ß√Ķes de bombardeio sobre alvos terrestres, protegidos por dois ca√ßas F-15 das for√ßas a√©reas sul-coreanas.

As aeronaves americanas entraram na Zona de Identifica√ß√£o de Defesa A√©rea (ADIZ) sul-coreana √†s 20h50 (hor√°rio local, 8h50 de Bras√≠lia, na ter√ßa, 10) e executaram uma s√©rie de exerc√≠cios sobre o Mar do Jap√£o (chamado “Mar do Leste” nas duas Coreias).

Os dois bombardeiros e os dois ca√ßas sobrevoaram depois territ√≥rio sul-coreano e realizaram outra rodada de simula√ß√Ķes sobre o Mar Amarelo (“Mar do Oeste” nas duas Coreias).

Os B-1B americanos deixaram a ADIZ sul-coreana por volta das 23h30 (hor√°rio local, 11h30 de Bras√≠lia) antes de retornar para sua base, na ilha de Guam, segundo detalhou o porta-voz do minist√©rio sul-coreano, explicando que se tratava de um “exerc√≠cio regular” com motiva√ß√Ķes “dissuasivas”.

O Pent√°gono enviou v√°rias vezes este ano os B-1B para a pen√≠nsula coreana, em resposta aos seguidos testes armament√≠sticos de Pyongyang, que juntamente com as duras trocas de provoca√ß√Ķes entre os pa√≠ses, aumentou a tens√£o na regi√£o.

A √ļltima vez que os EUA enviaram estes bombardeiros foi no dia 23 de setembro, no meio de uma troca de acusa√ß√Ķes entre o presidente Donald Trump, que amea√ßou na ONU, destruir a Coreia do Norte, e seu l√≠der Kim Jong-un.

Fonte: G1

Foto: Reprodução

PUBLICIDADE