PUBLICIDADE

inovação

Embraer revela linha de avi√Ķes com conceito verde

A¬†Embraer¬†tornou-se hoje (8) a mais recente fabricante de¬†avi√Ķes¬†a revelar conceitos para viagens a√©reas¬†ecologicamente¬†corretas, incluindo um avi√£o bicombust√≠vel a h√©lice, enquanto o setor enfrenta uma press√£o cada vez maior para reagir ao aquecimento global.

A terceiro maior fabricante de avi√Ķes do mundo revelou o plano para coincidir com o encontro clim√°tico COP26 em Glasgow, chamando-as de um ‚Äúbloco de constru√ß√£o‚ÄĚ para alcan√ßar metas da ind√ļstria de avia√ß√£o de emiss√Ķes l√≠quidas zero at√© 2050.

Grupos ambientalistas disseram que as metas s√£o t√≠midas. Em apresenta√ß√£o virtual, a Embraer destacou quatro conceitos com v√°rias combina√ß√Ķes de alcance e tecnologia como c√©lulas de combust√≠vel e energia de hidrog√™nio, acrescentando que v√™ um mercado potencial para cerca de 4 mil avi√Ķes.

Também no menu está um avião de 19 lugares movido a células de combustível de hidrogênio em 2035 e um avião de 35 a 50 lugares em 2040 projetado para usar hidrogênio em rotas curtas, apoiado por combustível de aviação sustentável.

A Embraer disse que seus projetos ‚Äď mantidos em segredo por dois anos ‚Äď atender√£o uma lacuna entre o novo eVTOL e os turbo√©lices ou pequenos jatos de 50 lugares.

A empresa acredita que os pequenos avi√Ķes regionais ser√£o os primeiros a abra√ßar tecnologias inovadoras como o hidrog√™nio, √† frente dos maiores jatos comerciais. Mas especialistas dizem que essas inova√ß√Ķes podem se tornar mais amplas.

‚Äú√Č um segmento em que acreditamos que h√° muitas oportunidades pela frente‚ÄĚ, disse Arjan Meijer, presidente-executivo da Embraer Avia√ß√£o Comercial, em entrevista √† Reuters.

O vice-presidente de marketing, Rodrigo Silva e Souza, disse que o reajuste das cadeias globais de suprimentos e a tendência de trabalhar remotamente darão maior ênfase a voos curtos.

A Embraer está avançando com planos para aeronaves elétricas menores de decolagem e pouso vertical (eVTOL) por meio de uma unidade chamada Eve Urban Air Mobility. (Com Reuters)

PUBLICIDADE