PUBLICIDADE

3.0 - NEGÓCIOS

Educador financeiro dá dicas sobre como mudar a relação com o dinheiro

Pode parecer conversa de místico, mas pensar positivo é um grande aliado das pessoas que se propõem a enriquecer. É claro que só isso não é suficiente para conquistar riqueza e prosperidade. Pode até melhorar pontualmente alguns aspectos da sua vida, mas não será somente isso que mudará completamente sua saúde financeira.

No entanto, quando se consegue combinar a mentalidade correta com eliminação de crenças limitantes e adoção de bons hábitos financeiros, as chances de obter sucesso econômico aumentam consideravelmente. Essa é a tese defendida pelo educador financeiro, com MBA pelo Ibmec, e idealizador do blog Quero Ficar Rico, Rafael Seabra

Para focar nesse projeto de enriquecimento que está além dos bens materiais, o educador afirma que o primeiro passo consiste em se “desprogramar”, ou seja, é necessário analisar o que cada indivíduo guarda na própria memória que afeta sua vida financeira de forma negativa e mudar. “Esse exercício ajuda a programar o cérebro para enriquecer, eliminando todas aquelas crenças que os afastam da prosperidade, bem como todos os hábitos que destroem seu patrimônio financeiro”.

enriquecerO segundo passo é eliminar crenças limitantes em relação ao dinheiro e hábitos financeiros negativos. Como exemplo, Seabra fala sobre o fato de muitas pessoas julgarem que ricos são grosseiros e arrogantes e não compreendem, ou valorizam as coisas importantes da vida, enquanto há aqueles que pensam que planejamento financeiro funciona apenas para quem é jovem ou tem muito dinheiro para investir. “Estes são exemplos de crenças limitantes”. Em relação aos hábitos negativos, estão os erros básicos que são gastar mais do que ganham, não controlar gastos, não planejar a vida financeira, comprar tudo no cartão de crédito na maior quantidade possível de parcelas etc.

Seabra reforça que a verdadeira riqueza está fundamentada em três pilares: liberdade, saúde e relacionamentos, sendo que a liberdade financeira significa não depender da própria força de trabalho para manter seu padrão de vida.

“Parece difícil imaginar essa situação porque não estamos habituados a ela, mas enriquecer está pouco relacionado a quanto você ganha e muito mais relacionado a quanto você acumula e qual é seu padrão de vida. O modo como gasta-se o próprio dinheiro e mantém o padrão de vida são os elementos que determinam o quanto é preciso para alcançar a liberdade financeira, dando um passo essencial para a verdadeira riqueza”, explica.

Com uma mentalidade programada para o enriquecimento a prosperidade fica mais fácil de ser alcançada e não está atrelada a ganhar muito ou pouco. “Qualquer pessoa pode treinar seu cérebro para obter sucesso, alcançar o que deseja na vida, tornar-se uma pessoa melhor, tomar decisões financeiras equilibradas, maximizar a função cerebral quanto à realização de seus sonhos e assim por diante. Para tanto, serão necessários foco, intenção, dedicação, responsabilidade, ação e persistência, em resumo, mudanças de hábitos, que todos nós sabemos que não é tarefa fácil, mas é recompensador”, finaliza Seabra.

PUBLICIDADE