PUBLICIDADE

Gest√£o

Dicas para melhorar a gest√£o empresarial

Para um empreendimento dar certo é necessário saber onde quer chegar, ter força de vontade e planejamento. Mas existem outros fatores essenciais para que uma empresa ou um negócio continuar de pé. O CEO da Sapri Consultoria, Claudio Lasso, deu dicas bem bacanas para quem quer fazer uma boa gestão empresarial.

1) Fazer um planejamento or√ßament√°rio – Em toda e qualquer empresa deve haver planejamento financeiro com objetivos, proje√ß√Ķes e estrat√©gias bem definidas. Caso contr√°rio, facilmente o controle sobre as despesas ser√° perdido.

2) Não misturar a conta pessoal com a conta empresarial РUma falha recorrente entre proprietários é achar que, por serem donos do negócio, eles podem misturar a conta pessoal com a conta empresarial. Isso é um erro dos mais graves, pois as duas coisas são bem distintas. Vale destacar que até que um negócio apresente lucro isso leva tempo e, se o empreendedor misturar as duas contas, possivelmente a lucratividade nunca vai acontecer.

3) Acompanhar as entradas e saídas de dinheiro РA melhor maneira de manter as despesas sob controle é acompanhar as entradas e saídas de dinheiro através do fluxo de caixa. Isso permite que o gestor tenha uma visão ampla da situação financeira do negócio, além de facilitar a mensuração dos ganhos e gestão da movimentação financeira da empresa.

4) Administrar devidamente o capital de giro – Toda empresa precisa ter um capital de giro para que o neg√≥cio possa fluir com tranquilidade, mas hoje em dia n√£o basta ter um dinheiro extra dispon√≠vel em caixa. √Č preciso saber administr√°-lo, al√©m de entender que o capital de giro existe para honrar com os compromissos imediatos, a fim de manter a empresa saud√°vel e garantir uma boa imagem do neg√≥cio perante o mercado, os clientes e fornecedores.

5) Colocar pequenas despesas em primeiro plano РMuitos gestores fazem questão de focar nos grandes gastos com o abastecimento de mercadorias, aluguel, impostos e salários, mas acabam deixando de lado as despesas pequenas e rotineiras, como água, luz, material de escritório, internet, produtos de limpeza e manutenção de equipamentos. Para que um negócio dê certo, é preciso ter o pleno controle sobre todos os gastos, inclusive os mínimos.

6) Usar software de gerenciamento – Por muito tempo a gest√£o financeira das empresas foi feita de forma manual. Entretanto, as novas tecnologias est√£o tornando as atividades de gerenciamento muito mais r√°pidas, pr√°ticas e eficazes. √Č o caso dos softwares gerenciais personalizados para as necessidades de cada neg√≥cio. Essa tend√™ncia √© o que chamamos de Business Process Outsourcing ou BPO. Atrav√©s de um bom software de gerenciamento, o empreendedor economiza tempo na emiss√£o de gr√°ficos e relat√≥rios, pode acompanhar as contas a pagar e receber, agilizar o andamento das notas fiscais, verificar se a empresa est√° tendo lucro, identificar quais produtos t√™m melhor sa√≠da, controlar estoques, acompanhar o saldo do caixa e assim por diante.

 

PUBLICIDADE