PUBLICIDADE

mundo

Com acordo comercial, China e EUA avançam mesmo em tensão pelo coronavírus

Representantes comerciais da China e dos Estados Unidos concordaram em¬†‚Äúcriar condi√ß√Ķes favor√°veis‚Ä̬†para o acordo comercial¬†assinado pelos pa√≠ses em 15 de janeiro. De acordo com a ag√™ncia de not√≠cias Xinhua ‚Äďestatal de informa√ß√Ķes da China‚Äď o vice-primeiro-ministro da China, Liu He, conversou por telefone na 6¬™ feira (8.mai.2020) com o representante de com√©rcio dos EUA Robert Lighthizer e o secret√°rio do Tesouro, Steven Mnuchin.

Os 2 lados prometeram criar 1 ambiente favor√°vel para o acordo e¬†‚Äúmanter uma comunica√ß√£o pr√≥xima‚ÄĚ.

A tentativa de cooperação vem em 1 momento de tensão entre os 2 países por conta da pandemia de coronavírus. O presidente Donald Trump acusou a China ter permitido a pandemia para alavancar sua economia e disparar frente a outras potências mundiais.  O vírus surgiu na cidade chinesa Wuhan, mas Pequim nega a acusação.

Em 27 de mar√ßo, Trump e o presidente chin√™s Xi Jinping¬†conversaram sobre a pandemia¬†e o norte-americano parou de se referir ao v√≠rus como¬†‚ÄúChina Virus‚ÄĚ.

A assinatura desse acordo pelas duas maiores pot√™ncias econ√īmicas do mundo pretende ser o in√≠cio do fim de uma guerra comercial que j√° dura 3 anos.

O ACORDO

O acordo entre as duas superpot√™ncias suspende as tarifas sobre produtos chineses que j√° estavam programadas para entrar em vigor. J√° a China se compromete a aumentar as importa√ß√Ķes de produtos agr√≠colas, energia e bens manufaturados norte-americanos.

√Ä √©poca em que o acordo foi anunciado,¬†em 13 de dezembro, Trump disse que as negocia√ß√Ķes para a 2¬™ fase come√ßariam ‚Äúimediatamente‚ÄĚ. ‚ÄúCome√ßaremos as negocia√ß√Ķes sobre a 2¬™ fase do acordo imediatamente, em vez de esperar at√© depois das elei√ß√Ķes de 2020‚Äú, escreveu o norte-americano no¬†Twitter.

Por: Poder 360

PUBLICIDADE