PUBLICIDADE

brasil

Arcebispo Dom Eusébio Scheid morre aos 88 anos por complicações da Covid-19

O arcebispo Dom Eusébio Scheid, morreu aos 88 anos, nesta quarta-feira (13), em São José dos Campos, interior de São Paulo, por insuficiência respiratória grave, decorrente de infecção pela Covid-19.

Dom Eusébio era arcebispo emérito do Rio de Janeiro desde 2001 e foi o primeiro bispo da Diocese de São José dos Campos, além de ter sido conselheiro da Pontifícia Comissão para a América Latina no Vaticano.

Segundo a Diocese de São José dos Campos, devido à pandemia não haverá velório e missa abertos ao público.

Biografia

Dom Eusébio nasceu em Luzerna (SC) em 8 de dezembro de 1932. Ele concluiu os estudos básicos no Seminário dos Padres do Coração de Jesus em Corupá (SC).

Religioso da Congregação dos Padres do Coração de Jesus (Dehonianos), fez os votos em 2 de fevereiro de 1954. Estudou Filosofia em Brusque (SC) em 1954 e na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, Itália, entre 1955 e 1957. Lá, estudou teologia. Foi ordenado presbítero no dia 3 de julho de 1960, em Roma, pelas mãos de Dom Inácio João Dal Monte, bispo de Guaxupé.

Continuou os estudos de pós graduação e recebeu os títulos no grau de mestre e doutor em Cristologia.

Com mais de 60 anos de ministério, Dom Eusébio fainda passou por outras cidades do Vale do Paraíba, como Taubaté e Aparecida, foi conselheiro da Pontifícia Comissão para a América Latina no Vaticano e atuou na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Foto: Divulgação / Diocese de SJC

PUBLICIDADE