PUBLICIDADE

mundo

A pandemia √© pior que o 11 de setembro, e Europa pensa no futebol, diz Trump 

Don¬≠ald Trump disse que o coro¬≠n¬≠av√≠rus foi pior para os Esta¬≠dos Unidos do que os ataques de 11 de setem¬≠bro e mais uma vez culpou a Chi¬≠na pela pan¬≠demia, cujo con¬≠t¬≠role na Europa come√ßa a se man¬≠i¬≠fes¬≠tar em an√ļn¬≠cios como a retoma¬≠da do fute¬≠bol alem√£o.

‚ÄúEste √© real¬≠mente o pior ataque que j√° tive¬≠mos‚ÄĚ, disse o pres¬≠i¬≠dente dos Esta¬≠dos Unidos na Casa Bran¬≠ca.

Para o pres¬≠i¬≠dente amer¬≠i¬≠cano, Don¬≠ald Trump, a crise desa¬≠ta¬≠da pelo coro¬≠n¬≠av√≠rus √© ‚Äúpior‚ÄĚ que o ataque sur¬≠pre¬≠sa do Jap√£o em 1941 con¬≠tra a base mil¬≠i¬≠tar de Pearl Har¬≠bor, no Hava√≠, e ‚Äúpior que o World Trade Cen¬≠ter‚ÄĚ, em alus√£o aos aten¬≠ta¬≠dos de 11 de setem¬≠bro de 2001.

‚ÄúIsto n√£o dev¬≠e¬≠ria ter acon¬≠te¬≠ci¬≠do‚ÄĚ, acres¬≠cen¬≠tou no Sal√£o Oval da Casa Bran¬≠ca.

Chi¬≠na e Esta¬≠dos Unidos travam uma guer¬≠ra dial√©ti¬≠ca sobre a origem do Sars-CoV¬≠‚ÄĎ2 (v√≠rus cau¬≠sador da COVID-19).

O chefe da diplo¬≠ma¬≠cia amer¬≠i¬≠cana, Mike Pom¬≠peo, reit¬≠er¬≠ou que dis¬≠p√Ķe de ‚Äúprovas sig¬≠ni¬≠fica¬≠ti¬≠vas‚ÄĚ de que o pat√≥geno escapou de um lab¬≠o¬≠rat√≥rio em Wuhan, regi√£o cen¬≠tral da Chi¬≠na, ape¬≠sar de ter admi¬≠ti¬≠do que n√£o tem ‚Äúa certeza‚ÄĚ de que ten¬≠ha ocor¬≠ri¬≠do assim.

Pequim reag¬≠iu nes¬≠ta quar¬≠ta asse¬≠gu¬≠ran¬≠do que o secret√°rio de Esta¬≠do amer¬≠i¬≠cano n√£o pode apre¬≠sen¬≠tar nen¬≠hu¬≠ma pro¬≠va ‚Äúporque n√£o tem nen¬≠hu¬≠ma‚ÄĚ, disse em Gene¬≠bra o embaix¬≠ador chin√™s nas Na√ß√Ķes Unidas.

‚ÄúA pri¬≠or¬≠i¬≠dade √© se con¬≠cen¬≠trar na luta con¬≠tra a pan¬≠demia at√© a vit√≥ria final (‚Ķ) N√£o temos tem¬≠po a perder, j√° que √© pre¬≠ciso sal¬≠var vidas‚ÄĚ, adver¬≠tiu Chen Xu.

Des­de que surgiu ofi­cial­mente em dezem­bro na cidade chi­ne­sa de Wuhan, o novo coro­n­avírus cau­sou a morte de mais de 260.000 pes­soas no mun­do, emb­o­ra as cifras reais pos­sam ser muito supe­ri­ores, e obrigou quase metade da humanidade a se con­fi­nar.

Os Esta­dos Unidos, país mais atingi­do pela pan­demia, já con­tabi­lizam 73.095 mor­tos, sendo que 2.037 falec­i­men­tos foram reg­istra­dos entre a terça e esta quar­ta, com um total de 1.227.430 infec­ta­dos. A seguir estão a Grã-Bre­tan­ha (30.076 óbitos), Itália (29.315), Espan­ha (25.857) e França (25.809).

- Luz verde para a Bun­desli­ga -

Na Europa, onde os país­es ini­cia­ram um proces­so de nor­mal­iza­ção da vida diária há quase duas sem­anas, Ale­man­ha deu nes­ta quar­ta-feira luz verde à retoma­da em 15 de maio da primeira divisão do campe­ona­to de fute­bol (Bun­desli­ga).

Por: AFP

PUBLICIDADE