Startups

Startups são selecionadas para o programa Agro Iot Lab

 - REVISTA MAISJRst

As empresas Vivo, Raízen e Ericsson, por meio da Wayra e do Pulse, e em parceria com a EsalqTec, selecionaram seis startups para participar do Agro IoT Lab – programa de desenvolvimento de aplicações para o campo com foco em Internet das Coisas (IoT).  A iniciativa une empresas e setores fundamentais para acelerar a transformação digital no agronegócio.

As startups selecionadas – Ativa, Seive, Iotag, Tracepack, Agriconnected e @Tech –  terão acesso ao espaço compartilhado do Pulse, localizado em Piracicaba, e a toda a sua infraestrutura de mentoria, workshops, networking, treinamentos aplicados ao agronegócio, além de terem a possibilidade de participar do ecossistema da Wayra – hub de inovação aberta da Vivo – com possibilidade de receberem investimentos no futuro. A EsalqTec auxiliará os selecionados na facilitação acadêmica das tecnologias.

Os projetos selecionados têm foco no desenvolvimento de serviços e aplicações em soluções de IoT e M2M para telemetria e gerenciamento remoto; controle de incêndio em autopropelidos; telemetria e mineração de dados de maquinário agrícola; soluções de IoT para o agronegócio; gestão e monitoramento de maquinário agrícola; plataforma inteligente para produtores e frigoríficos.

No programa, a Vivo levará a sua rede móvel 4G para o campo, utilizando a frequência de 450Mhz; a Ericsson (parceira da Vivo para instalação dessa rede) irá  agilizar a integração das startups à rede através de sua plataforma IoT Accelerator; e a Raízen oferecerá expertise, infraestrutura agrícola e o acesso aos canaviais.

Segundo Fábio Mota, Vice-Presidente do Centro de Serviços Compartilhados e Head do Pulse. “A entrada das novas startups ao Pulse reforça sua posição como hub para oxigenação de novas ideias. Os novos membros terão acesso a uma rede de mentores da Raízen, além de serem  conectados com outros atores do ecossistema de inovação para que juntos possam trabalhar em novas soluções que visam resolver os problemas cotidianos de conectividade rural e apoiar a evolução tecnológica nacional de forma assertiva”.

“Vemos nesse projeto com a startups uma oportunidade ímpar de unir esforços e as diferentes experiências de cada parceiro para, juntos, acelerar a digitalização do mercado agro brasileiro e alavancar os negócios do setor no País”, diz Vinícius Dalben, Vice-Presidente de Estratégia da Ericsson no Brasil.

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista