3.8 // esporte

Rogério Ceni receberá R$ 5 milhões por ter sido demitido do São Paulo

As eliminações na Copa do Brasil, no Paulistão e na Sul-Americana, e o mau início no Campeonato Brasileiro levantaram dúvidas sobre a permanência de Rogério Ceni no comando do São Paulo, que acabou sendo demitido nesta segunda-feira (3).

Com isso, Rogério Ceni terá de receber 5 milhões de reais de multa rescisória. A cláusula estava no contrato do treinador: se o comandante tivesse aproveitamento superior a 47%, receberia o valor. A multa rescisória no contrato de Ceni, tinha validade até dezembro de 2018.

A informação foi confirmada pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. Após admitir que outro técnico já teria deixado o comando do time, ele afirmou que a cláusula do contrato de Ceni foi baseada na média de aproveitamento dos últimos três comandantes da equipe: Juan Carlos Osorio (51%), Edgardo Bauza (46,5%) e Ricardo Gomes (42,5%).

​No momento, Ceni tinha 50,9% de aproveitamento em jogos oficiais (36 jogos, 14 vitórias, 13 empates e 9 derrotas). Ou seja, caso o Tricolor perdesse mais três jogos em sequência, a diretoria do clube poderia demitir o treinador sem ter de pagar a multa rescisória. Os próximos jogos do Tricolor são: Santos (na Vila Belmiro), Atlético-GO (no Morumbi) e Chapecoense (na Arena Condá).

 

Foto: Reprodução

Fontes: Esporte Interativo e BlogSãoPauloFC

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista