4.0 // manual4.8 // viagem

Rio de Janeiro tem hostel temático de cerveja

Imagine se hospedar em um lugar em que a cerveja está presente em todo canto: da fronha do travesseiro ao abajur do quarto, nos pôsteres afixados nas paredes e corredores, nos enfeites e adornos sobre os móveis e, obviamente, nas geladeiras, prontinhas para serem degustadas!

A proposta do Beers Five Hostel é justamente promover uma imersão no universo da cerveja artesanal num lugar privilegiado de Santa Teresa, um dos redutos mais boêmios da cidade do Rio de Janeiro.

Com casas de arquitetura portuguesa, ruazinhas arborizadas e ateliês e estúdios artísticos em cada esquina, Santa Teresa é o lugar perfeito para dias repletos de ócio e contemplação – do alto, são 360 graus de vistas incríveis – e noites da mais refinada boemia, com botecos e restaurantes genuinamente cariocas – sem contar o fato de que a Lapa é logo ali. E é justamente a poucas quadras do Largo dos Guimarães, o centrinho do bairro, que o hostel cervejeiro da Marcele Porto está instalado desde 2013, em um casarão de 800 metros quadrados.

Com seis quartos que acomodam até 25 pessoas, o hostel já recebeu mais de mil hóspedes de mais de 50 nacionalidades diferentes. Segundo Marcele, os alemães, os chilenos e os turistas que vem de São Paulo são os mais entusiasmados com a proposta de conhecer as cervejas artesanais. “Oferecemos para eles novas oportunidades de descobrir o Rio através da cerveja”.

Por trás de cada cerveja oferecida no hostel, como a Complexo do Alemão, a Paquetá e a Raízes, há uma história inspiradora que Marcele se encarrega de apresentar aos hóspedes. A Complexo do Alemão, do empreendedor Marcelo Ramos, que virou amigo e parceiro de Marcele, tem inclusive um quarto decorado sob medida no hostel. “Quando as pessoas decidem fazer uma viagem, elas se predispõem a conhecer histórias e, na medida do possível, fazer parte delas. Acredito que as cervejas que oferecemos são traços genuínos da cultura carioca e mostram exemplos de superação que fazem com que as pessoas se sintam mais próximas e envolvidas com a nossa atmosfera”.

Desde 2015, depois dos primeiros percalços como empreendedora de primeira viagem, Marcele promoveu uma reformulação e agregou o conceito de guest house, onde o anfitrião recebe os hóspedes. Também hoje é um dos poucos hostels da cidade a aceitar crianças, oferecendo quartos privativos para famílias e casais. Além disso, ela acaba de implantar a proposta do quarto solidário, no qual parte do valor da hospedagem é destinado ao Favela Art, projeto que oferece oficinas de educação artística para crianças e adolescentes, com idade entre 10 e 14 anos, e cria pinturas urbanas em paredes e muros da comunidade do Complexo do Alemão. O projeto é capitaneado por Mariluce Mariá Souza, que também pinta as edições especiais da cerveja Complexo do Alemão, que são vendidas com exclusividade no Beers Five Hostel.

Fonte: Hypeness

Fotos: Divulgação

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista