PUBLICIDADE

brasilMercado

Pre√ßos na ind√ļstria caem 1,14% em junho ap√≥s quatro meses de alta

A ind√ļs¬≠tria reg¬≠istrou uma que¬≠da de 1,14% nos pre√ßos de jun¬≠ho deste ano, em rela√ß√£o a maio. O acu¬≠mu¬≠la¬≠do do ano est√° em 2,76%.

Nos √ļlti¬≠mos 12 meses, a vari¬≠a√ß√£o dos pre√ßos em ger¬≠al ficou em 3,75%. Os n√ļmeros do √ćndice de Pre√ßos ao Pro¬≠du¬≠tor (IPP) foram divul¬≠ga¬≠dos hoje (31) pelo Insti¬≠tu¬≠to Brasileiro de Geografia e Estat√≠s¬≠ti¬≠ca (IBGE).

As prin­ci­pais quedas foram reg­istradas no refi­no de petróleo e pro­du­tos de álcool (-7,24%), papel e celu­lose (-4,65%) calça­dos e arti­gos de couro (-3,56%) e fumo (-2,91%).

A ind√ļs¬≠tria de ali¬≠men¬≠tos reg¬≠istrou uma que¬≠da nos pre√ßos de 0,88%, na primeira que¬≠da ap√≥s tr√™s altas con¬≠sec¬≠u¬≠ti¬≠vas.

Com o resul­ta­do, o acu­mu­la­do recu­ou de 2,09% para 1,20% (em jun­ho de 2018, era de 8,93%). Na com­para­ção com igual mês do ano ante­ri­or, a vari­ação foi de 0,56%, menor resul­ta­do neste tipo de com­para­ção des­de maio de 2018 (2,12%).

Crédi­to: Agên­cia Brasil

Foto: Arquivo/Ag√™ncia Brasil

PUBLICIDADE