PUBLICIDADE

brasil

Neste s√°bado, Bolsonaro diz que far√° churrasco para uns 30 convidados 

A despeito das ori¬≠en¬≠ta√ß√Ķes de dis¬≠tan¬≠ci¬≠a¬≠men¬≠to social da Orga¬≠ni¬≠za¬≠√ß√£o Mundi¬≠al da Sa√ļde (OMS) como for¬≠ma de pre¬≠ven√ß√£o ao novo coro¬≠n¬≠av√≠rus, o pres¬≠i¬≠dente Jair Bol¬≠sonaro vai desre¬≠speitar a autori¬≠dade san¬≠it√°ria e orga¬≠ni¬≠zar um chur¬≠ras¬≠co no Pal√°¬≠cio da Alvo¬≠ra¬≠da no pr√≥x¬≠i¬≠mo s√°ba¬≠do (9/5) para min¬≠istros e servi¬≠dores da Presid√™n¬≠cia da Rep√ļbli¬≠ca.

Mes¬≠mo com as aglom¬≠er¬≠a√ß√Ķes n√£o sendo recomen¬≠dadas, o pres¬≠i¬≠dente disse que vai ‚Äúcome¬≠ter um crime‚ÄĚ para reunir os con¬≠vi¬≠da¬≠dos. O even¬≠to, segun¬≠do ele, dev¬≠er√° con¬≠tar com cer¬≠ca de 30 pes¬≠soas e ain¬≠da ter√° dire¬≠ito a uma par¬≠ti¬≠da de fute¬≠bol.

‚ÄúEstou come¬≠tendo um crime. Vou faz¬≠er um chur¬≠ras¬≠co no s√°ba¬≠do aqui em casa. Vamos bater um papo, quem sabe uma pelad¬≠in¬≠ha, alguns min¬≠istros, alguns servi¬≠dores mais humildes que est√£o do meu lado‚ÄĚ, disse Bol¬≠sonaro √† impren¬≠sa nes¬≠ta quin¬≠ta-feira (7/5), na entra¬≠da do Pal√°¬≠cio do Alvo¬≠ra¬≠da.

Ain¬≠da segun¬≠do o chefe do Exec¬≠u¬≠ti¬≠vo, ser√° fei¬≠ta uma ‚Äúvaquin¬≠ha‚ÄĚ para custear as carnes. No entan¬≠to, bebidas alco√≥li¬≠cas n√£o ser√£o per¬≠mi¬≠ti¬≠das, comen¬≠tou. ‚ÄúVai ter vaquin¬≠ha de R$ 70. N√£o ter√° bebi¬≠da alco√≥li¬≠ca, se n√£o, a primeira-dama colo¬≠ca todo mun¬≠do para cor¬≠rer‚ÄĚ, brin¬≠cou.

O quadro da pan¬≠demia do novo coro¬≠n¬≠av√≠rus no pa√≠s fica mais grave diari¬≠a¬≠mente e nes¬≠ta quin¬≠ta o Brasil chegou √† mar¬≠ca de 9.146 mor¬≠tos e 135.106 pes¬≠soas diag¬≠nos¬≠ti¬≠cadas com covid-19. Mes¬≠mo assim, o pres¬≠i¬≠dente min¬≠i¬≠miza a import√Ęn¬≠cia de evi¬≠tar aglom¬≠er¬≠a√ß√Ķes, que facili¬≠tam a pro¬≠lif¬≠er¬≠a√ß√£o do microor¬≠gan¬≠is¬≠mo.

Mais cedo, por exem­p­lo, ele atrav­es­sou a Praça dos Três Poderes a pé jun­to a min­istros, par­la­mentares e empresários para faz­er uma reunião no Supre­mo Tri­bunal Fed­er­al (STF) com o pres­i­dente da Corte, Dias Tof­foli. Bol­sonaro não usou más­caras de pro­teção durante a trav­es­sia, tam­pouco den­tro do Tri­bunal, enquan­to con­ver­sa­va com Tof­foli.

Bol¬≠sonaro pro¬≠tag¬≠o¬≠ni¬≠zou out¬≠ras aglom¬≠er¬≠a√ß√Ķes des¬≠de o in√≠¬≠cio da pan¬≠demia de covid-19. Al√©m de pas¬≠seios por regi√Ķes do Dis¬≠tri¬≠to Fed¬≠er¬≠al e vis¬≠i¬≠tas a lojas da cap¬≠i¬≠tal fed¬≠er¬≠al ‚ÄĒ incluin¬≠do um epis√≥¬≠dio em que aper¬≠tou a m√£o de um apoiador ap√≥s limpar o nar¬≠iz ‚ÄĒ o pres¬≠i¬≠dente tam¬≠b√©m cau¬≠sou aglom¬≠er¬≠a√ß√£o e inter¬≠ag¬≠iu com uma mul¬≠ti¬≠d√£o em uma visi¬≠ta √†s obras do hos¬≠pi¬≠tal de cam¬≠pan¬≠ha de √Āguas Lin¬≠das (GO), ded¬≠i¬≠ca¬≠do exata¬≠mente a aten¬≠der pacientes com o novo coro¬≠n¬≠av√≠rus, e em um pol√™mi¬≠co protesto no Setor Mil¬≠i¬≠tar Urbano (SMU), em que os par¬≠tic¬≠i¬≠pantes pedi¬≠am o fechamen¬≠to do Con¬≠gres¬≠so Nacional e do STF e uma inter¬≠ven√ß√£o mil¬≠i¬≠tar, al√©m de ter com¬≠pare¬≠ci¬≠do a recentes man¬≠i¬≠fes¬≠ta√ß√Ķes.

Na sem¬≠ana pas¬≠sa¬≠da, Bol¬≠sonaro reuniu 25 par¬≠la¬≠mentares do PSL para caf√© da man¬≠h√£ no Alvo¬≠ra¬≠da. Chamou a aten√ß√£o a aglom¬≠er¬≠a√ß√£o dos con¬≠vi¬≠da¬≠dos em meio ao cli¬≠ma de con¬≠frat¬≠er¬≠niza¬≠√ß√£o. A maio¬≠r¬≠ia dos par¬≠la¬≠mentares con¬≠vi¬≠da¬≠dos n√£o uti¬≠liza¬≠va m√°s¬≠caras nem antes, nem ap√≥s as refei√ß√Ķes. Eles tam¬≠b√©m n√£o res¬≠guar¬≠davam dis¬≠t√Ęn¬≠cia entre as cadeiras nas mesas.

Por: Cor­reio Braziliense

PUBLICIDADE