PUBLICIDADE

economia

Marcos Troyjo é eleito presidente do Banco do Brics

O Con­sel­ho de Gov­er­nadores do Novo Ban­co de Desen­volvi­men­to (NDB, na sigla em inglês) elegeu, por una­n­im­i­dade, em reunião real­iza­da hoje (27), o brasileiro Mar­cos Troyjo, atu­al secretário espe­cial de Comér­cio Exte­ri­or e Assun­tos Inter­na­cionais do Min­istério da Econo­mia, para a presidên­cia da insti­tu­ição pelos próx­i­mos cin­co anos.

Troyjo suced¬≠er√° o indi¬≠ano Kun¬≠da¬≠pur Vaman Kamath, primeiro a coman¬≠dar o NDB, cri¬≠a¬≠do na reuni√£o de c√ļpu¬≠la do Brics de For¬≠t¬≠aleza, em 2014. O manda¬≠to do brasileiro come√ßa em jul¬≠ho deste ano.

Econ¬≠o¬≠mista, cien¬≠tista pol√≠ti¬≠co e diplo¬≠ma¬≠ta, Troyjo tem exper¬≠i√™n¬≠cia em estrat√©¬≠gias de desen¬≠volvi¬≠men¬≠to no cam¬≠po das pol√≠ti¬≠cas p√ļbli¬≠cas, setor empre¬≠sar¬≠i¬≠al e mun¬≠do acad√™mi¬≠co. Foi cofun¬≠dador e dire¬≠tor do BRICLab, cen¬≠tro de estu¬≠dos sobre o Brics na Uni¬≠ver¬≠si¬≠dade Colum¬≠bia (Esta¬≠dos Unidos), onde lecio¬≠nou econo¬≠mia e rela√ß√Ķes inter¬≠na¬≠cionais. Troyjo rep¬≠re¬≠sen¬≠ta o Brasil em diver¬≠sos con¬≠sel¬≠hos de orga¬≠ni¬≠za¬≠√ß√Ķes econ√īmi¬≠cas mul¬≠ti¬≠lat¬≠erais, entre elas o Ban¬≠co Inter¬≠amer¬≠i¬≠cano de Desen¬≠volvi¬≠men¬≠to (BID) e o Comit√™ de Desen¬≠volvi¬≠men¬≠to do Ban¬≠co Mundi¬≠al.

Infor¬≠mal¬≠mente con¬≠heci¬≠do como Ban¬≠co do Brics, por ter como pa√≠s¬≠es-mem¬≠bros orig¬≠i¬≠nais Brasil, R√ļs¬≠sia, √ćndia, Chi¬≠na e √Āfrica do Sul, o ban¬≠co con¬≠ta com cap¬≠i¬≠tal ini¬≠cial de US$ 50 bil¬≠h√Ķes e cap¬≠i¬≠tal autor¬≠iza¬≠do de US$ 100 bil¬≠h√Ķes. O prin¬≠ci¬≠pal obje¬≠ti¬≠vo do NDB √© apoiar pro¬≠je¬≠tos de infraestru¬≠tu¬≠ra e desen¬≠volvi¬≠men¬≠to sus¬≠ten¬≠t√°v¬≠el, p√ļbli¬≠cos ou pri¬≠va¬≠dos, nos pa√≠s¬≠es do blo¬≠co e em out¬≠ras econo¬≠mias emer¬≠gentes.

Edição: Graça Adjuto/Agência Brasil

PUBLICIDADE